Times capixabas esbarram em questões burocráticas para regularizar jogadores estrangeiros

Compartilhe

Com oito jogadores estrangeiros, o Campeonato Capixaba 2022 representa uma marca histórica. A edição com mais gringos de todos os tempos, no entanto, enfrenta o desafio da documentação dos atletas e os times sofrem para registrar os novos reforços no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. As informações são de Vitor Nicchio, do Globo Esporte.

Dos nomes internacionais, apenas o atacante camaronês Yaro Ibrahima (Vilavelhense), o zagueiro colombiano Jeferson Cantillo (Real Noroeste) e o meia nascido nos Estados Unidos, Christopher (Rio Branco VN), estão à disposição dos seus técnicos. Vale destacar que eles estão aptos a entrar em campo desde a primeira rodada.

Ou seja, para que os jogadores tenham condição de jogo, eles precisam ser inscritos. Pela parte burocrática, os clubes consideram difícil deixar os estrangeiros com condições legais de jogo para os confrontos da terceira rodada da Série A do Estadual.

O ge Espírito Santo apurou a situação dos gringos do futebol capixaba e averigou que, dos seis clubes que têm atletas estrangeiros no elenco, apenas Real Noroeste e Rio Branco VN registraram todos os nomes.

Marcos Vinicio — Foto: Samuel Gomes

Marcos Vinicio — Foto: Samuel Gomes

Desejo de longa data do Nova Venécia, a passagem do atacante portugues Marcos Vinicio no Serra parou na pré-temporada. O jogador de 17 anos não havia assinado contrato e acabou deixando o clube sem sequer estrear oficialmente.

O Leão do Norte tem preparada toda a documentação para dar entrada na regularização de Marcos Vinicio junto à CBF. Primeiro estrangeiro da história do Nova Venécia, Marcos Vinicio já realizou exames médicos e treina com o restante da equipe desde segunda-feira.

De acordo com o diretor de futebol, Lucian Barros, o português será anunciado oficialmente pelo clube veneciano ainda esta semana.

– Estamos finalizando a parte burocrática, acredito que no próximo jogo ele já ficará a disposição do nosso treinador. […] É um jogador jovem que atua como centroavante, tem uma altura boa para posição, entendimento tático da posição e a facilidade para negócio futuro, por ser um jogador português – declarou ao ge.

Joey e Nikita, do CTE/Colatina, ainda não foram regularizados — Foto: CTE/Colatina

Joey e Nikita, do CTE/Colatina, ainda não foram regularizados — Foto: CTE/Colatina

Com um início do Campeonato Capixaba 2022 aquém do que se esperava, o torcedor do CTE/Colatina se pergunta sobre os gringos, que chamaram a atenção assim que chegaram ao Brasil. Por serem estrangeiros, o meia neozelandês Joey Omotani e o zagueiro ucraniano Sinitsyn Nikita dependem de visto de trabalho para jogar em solo brasileiro.

Logo, o time da Princesa do Norte trouxe dois reforços que não foram inscritos – e consequentemente, a princípio não podem disputar o Campeonato Capixaba 2022. Nos dois casos, o contrato não foi assinado entre as partes.

O presidente Edmilson Ratinho confia que todos os jogadores, que foram anunciados oficialmente, serão contratados pelo CTE/Colatina e regularizados. Tanto Omotani, quanto Nikita assinarão por seis meses com o time capixaba.

– A questão do Joey e do Nikita é justamente os documentos. Os documentos não são fáceis. Temos que ter um certificado digital para tirar o primeiro documento deles, que é o registro nacional de estrangeiros. Para depois, tirar o CPF e a Carteira de Trabalho. Aí sim, fazer o contrato porque ainda não tiramos. Isso era novo para nós. Primeira vez que pegamos um estrangeiro sem documentação e estamos batendo cabeça. Mas, vamos conseguir regularizar eles. O contrato será de seis meses e eu acredito que brevemente eles estarão disponíveis. Só que tem os trâmites da documentação. – declarou ao ge.

Matt McNamara é o único estrangeiro do elenco do Rio Branco-ES — Foto: Vitor Recla/Rio Branco

Matt McNamara é o único estrangeiro do elenco do Rio Branco-ES — Foto: Vitor Recla/Rio Branco

Quem também vive a expectativa de poder inscrever um atleta estrangeiro é o Rio Branco-ES. Após anunciar o norte-americano Matt McNamara com a intenção de internacionalizar o marca do clube, a diretoria alvinegra trabalha para a documentação do zagueiro estar totalmente em dia.

Os detalhes do negócio entre as partes já foram acertados e o contrato devidamente assinado. Confiante no processo de regularização, o presidente Paulo Pacheco falou sobre o atleta, cujo nome é dado como importante para a temporada 2022.

– Estamos regularizando pendências junto a Polícia Federal e Ministério do Trabalho. O processo é burocrático, inclusive devido triangulação de documentos junto a República Dominicana, onde o atleta atuou. Matt estreou na pré-temporada em Marilandia e jogou dois amistosos, estamos confiantes que brevemente estreará oficialmente com a camisa Capa-Preta. – declarou ao ge.

Leonardo Ruiz, peruano do Vilavelhense — Foto: Thiago Peruch

Leonardo Ruiz, peruano do Vilavelhense — Foto: Thiago Peruch

Para a temporada 2022, o Vilavelhense contratou o atacante peruano Leonardo Ruiz, que estava no Credicoop San Román-PER. Assim, é necessário que o Vila resolva questões burocráticas para que o jogador possa estrear no campeonato capixaba.

A contratação do jogador é reflexo do sucesso de estrangeiros no time canela-verde – que ganhou força com o camaronês Yaro Ibrahima e o colombiano Edwin Montaño. Mas não foi possível ajustar a documentação de Ruiz ainda.

O presidente do Vilavelhense, Miguel Trés, alega que cumpriu todas as etapas ao seu alcance para regularizar o atacante. O time canela-verde já realizou o pagamento de todas as taxas e espera somente a documentação necessária da Federação Peruana para finalizar o processo.

– Dos três estrangeiros do elenco, o atacante Montaño está emprestado ao futebol sergipano, Yaro Ibrahima até o momento é o único regularizado para atuar no Estadual 2022. Ruiz Alegria, estamos na dependência da Federação Peruana transferir para a CBF. Não sei o motivo mas estamos a duas semanas esperando a transferência do Ruiz Alegria. Acreditamos que o teremos regularizado dentro de poucos dias. A importância da presença do Yaro no elenco é muito grande pois ele já está disputando a sua terceira competição pelo Vilavelhense e demonstra um profissionalismo que serve de exemplo para os mais novos do clube. – declarou ao ge.

Leia também

Festa de São Pedro começa nesta sexta, 1º, com fogueira gigante e desfile de escolas municipais

A Festa de São Pedro, que acontece no terreno da rodoviária, a partir das 18h desta sexta-feira, 1º...

Emendas de Majeski à LDO priorizam transparência, educação, meio ambiente e controle de gastos

Uma das orientações apresentadas pelo deputado acaba com o pagamento de jetons para secretários, diretores e gerentes participarem...

TV Brasil é a 5ª emissora de maior audiência do país

A TV Brasil se consolidou, no mês de junho, como a quinta emissora de maior audiência nos 15...

Capital Inicial, Zezé Di Camargo, Alemão do Forró e mais: veja a agenda cultural do Espírito Santo

Confira a agenda cultural com shows e outros eventos marcados no Espírito Santo nos próximos dias. Zezé Di Camargo...

Festa do Produtor Rural de Jaguaré começa nesta quinta-feira (30)

  Começa nesta quinta-feira (30), a 29ª Festa do Produtor Rural de Jaguaré e a 4ª Feira de Agronegócios. O...

Operação em Pinheiros apreende adolescente com drogas e homem portando arma de fogo

A Delegacia de Polícia (DP) de Pinheiros, em operação com a Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), prendeu...

Operação apreende menor com drogas e prende homem com arma de fogo

  Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar, realizada na tarde desta quinta-feira (30), resultou na apreensão...