Terrorismo em instalação nuclear de Natanz diminui chance de diálogo para EUA sobre acordo nuclear com Irã


Sputnik“Os norte-americanos devem saber que tanto a sabotagem [em Natanz] como as sanções não servem como instrumentos para realizar um diálogo sobre o acordo nuclear,  mas, sim, apenas para agravar a situação”, afirmou o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif.

Além disso, Zarif afirmou que os Estados Unidos deveriam suspender todas as sanções impostas ao Irã e retornar ao acordo.

Por sua vez, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, também concordou e ressaltou a importância das ações dos EUA com relação ao acordo nuclear com o Irã. 

“É necessário que os EUA voltem a cumprir suas responsabilidades com o acordo nuclear e suspendam as sanções impostas ao Irã”, declarou Lavrov.

De acordo com o chanceler russo, há pouco tempo para restaurar o pacto nuclear, e a Rússia espera um senso comum, inclusive da União Europeia.

“Não acredito que tenhamos muito tempo, mas, justamente por haver limitações de tempo, aqueles que querem desorganizar e enterrar o acordo nuclear estão aplicando provocações já conhecidas. Espero que o bom senso prevaleça ao final. Espero que nossos colegas europeus notem sua responsabilidade com o acordo nuclear e não façam como aqueles que querem acabar com ele [o acordo]”, afirmou.

Na manhã de domingo (11), a Organização de Energia Atômica do Irã reportou uma explosão na usina nuclear de Natanz. A explosão não gerou fatalidades ou poluição ambiental. Na segunda-feira (12) pela manhã, o governo iraniano declarou ter identificado o responsável pelo ataque.

Ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif

Ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif (Foto: Paulo Emílio)

Leia mais

Leia também