Terreno do centro de Barra de São Francisco é escolhido para construção da nova rodoviária

Os moradores de Barra de São Francisco escolheram neste sábado, 17 de julho, o local onde será construído na nova Rodoviária do município. Com mais de 82% dos votos, a área no centro da cidade foi a escolhida. Os critérios para votação foram definidos e amplamente divulgado pela administração municipal ao longo de 2 meses.

Três áreas concorreram na disputa: o terreno no centro da cidade – perto da atual rodoviária, um terreno no bairro Vila Luciene e um terreno no bairro Vila Landinha – atual garagem de ônibus da Prefeitura.

A área escolhida, a do centro da cidade, está localizada em frente a atual rodoviária e foi adquirida pelo prefeito Enivaldo dos Anjos em sua primeira passagem pela prefeitura (1989-1992) e, desde então, os moradores do município aguardam ansiosamente que esta obra saia do papel e se concretize.

O processo até a eleição do terreno foi rigoroso e transparente, uma vez que era necessário dar oportunidade e ouvir as demandas de todos os moradores interessados. Foi realizada uma reunião na Câmara Municipal de Barra de São Francisco, no dia 21 de maio, com a presença de representantes da sociedade civil organizada, autoridades municipais e o público em geral para discutir o tema e decidir sobre o formato de escolha do local.

Para ter direito a voto, bastava o francisquense apresentar o seu título de eleitor e documento com foto. A eleição foi amplamente divulgadas através dos sites, rádios e redes sociais do município.

A votação foi realizada na sede da Prefeitura Municipal, no centro, das 08 as 15 horas. Foram computados 448 votos no total, tendo o resultado final para a escolha do local para construção da nova rodoviária, da seguinte maneira:

Vila Luciene – 11 votos

Vila Landinha – 68 votos

Centro – 369 votos

Para garantir ainda mais a idoneidade e a segurança do processo, a equipe da Defesa Civil e Polícia Militar acompanharam todo a votação.

Para o prefeito Enivaldo dos Anjos o processo eleitoral foi fundamental para legitimar a escolha dos moradores. “Após conversas e as reuniões realizadas, os francisquenses já apontavam sua escolha para um dos terrenos, mas o processo foi fundamental para confirmar a preferência”, disse.

Enivaldo também garantiu que a administração municipal está preparada para o início das obras serão o mais breve, o que irá acabar com essa espera dos francisquenses por uma nova rodoviária.


Leia mais

Leia também