Termina nesta sexta-feira (28) prazo para solicitação de isenção de taxa do Enem 2021

Os estudantes interessados na isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 têm até esta sexta-feira (28) para solicitar. A solicitação pode ser feita por meio da Página do Participante (CLIQUE AQUI). Para ter direito a dispensa, o aluno deve comprovar baixa renda e ter frequentado todo o Ensino Médio em escolas da rede pública de ensino ou ter sido bolsista na rede particular.   

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) reforçou que os participantes ausentes na edição anterior devem protocolar justificativa conforme publicado no Diário da União, do último dia 03 de maio (Para ler o Edital completo (CLIQUE AQUI) – pois o número de faltosos no Exame foi recorde em 2020: 55,3% na edição impressa e de 71,3% na versão digital.  

As inscrições para avaliação, que acontecem entre os dias 28 de junho e 09 de julho e não tiveram ainda seu valor divulgado, devem ser realizas por todos os estudantes, mesmo os que já tiveram o pedido de isenção de taxa aceitos. 

Segundo o edital, estão previstas as seguintes situações em que poderá justificar a ausência, desde que haja os seguintes documentos: 

– Assalto ou furto: deve ser comprovado com boletim de ocorrência policial nas datas do exame ao qual o candidato estava inscrito (impresso ou digital); 

– Acidente de trânsito: deve ser apresentado boletim policial com dados do estudante e relato do acidente na data dos exames; 

– Casamento/união estável: será aceita a certidão de casamento ou contrato de união estável realizados na data dos exames; 

– Morte na família: poderá ser comprovada mediante certidão de óbito; 

– Maternidade: será preciso apresentar uma certidão de nascimento da criança nas datas do exame; 

– Acompanhamento de cônjuge ou companheiro: documento deverá ser expedido por alguma autoridade que ateste o deslocamento de cidade;

– Privação de liberdade: mandado de prisão ou documento similar; 

 – Emergência médica ou odontológica: atestado profissional relatando a condição de saúde do candidato; 

 – Trabalho: situação que demande o deslocamento por motivos de trabalho, com identificação da empresa, CNPJ, e assinatura do empregador; 

 – Intercâmbio acadêmico: documento assinado, em português, justificando o vínculo; 

 – Atividade curricular: declaração ou documento assinado que comprove a participação em atividade escolar na data do Enem.

 

Para comprovar renda e pedir isenção, o Inep aceitará os documentos: 

  • Comprovante de pagamento, como holerite ou contracheque
  • Declaração assinada pelo interessado para autônomos, com nome, atividade que exerce, onde a executa, telefone de contato, há quanto tempo tem esta função e renda bruta mensal em reais
  • Extrato de rendimento do INSS
  • Recibo de seguro-desemprego e do FGTS
  • Rescisão do contrato de trabalho
  • Comprovante de programas sociais, como Bolsa-Família 

 

 Informações via assessoria do Inep 

 


Leia mais

Leia também