Termina após 21 dias a missão humanitária brasileira no Haiti

A missão humanitária do Governo Federal ao Haiti desembarcou em Brasília na noite deste domingo, 12 de setembro, após mais de 20 dias de intenso trabalho no país caribenho. Coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, a equipe contou com a participação de mais de 30 bombeiros militares do Distrito Federal e de vários estados do Brasil.

Além do apoio na distribuição de alimentos à população atingida pelo terremoto ocorrido no mês de agosto, a equipe auxiliou no atendimento de feridos e em um trabalho de demolição planejada de prédios condenados pelo desastre. A base da operação foi montada na cidade de Les Cayes, próxima ao epicentro do terremoto.

Armin Braun, diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres, o Cenad, e coordenador da missão, comentou o trabalho realizado pela equipe brasileira.

“Nosso trabalho inicialmente tinha como objetivo a atuação em busca e salvamento, mas sabíamos que esta fase de busca e salvamento rapidamente iria se esvair com a baixa probabilidade de encontrar sobreviventes nos escombros, então levamos uma equipe multidisciplinar que pudesse levar ajuda humanitária”. 

Todos os integrantes da missão eram especializados em busca e resgate, com atuação em desastres, como o do rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais. 

Um dos diferenciais do trabalho da equipe brasileira, destaca Armin Braun, foi o trabalho em parceria com missionários brasileiros que há anos trabalham em assistência à população carente do Haiti.

“Uma positiva surpresa que nós tivemos ao chegar no Haiti foi o trabalho de missionários brasileiros que estavam fazendo um trabalho muito importante lá, essas pessoas ajudam os haitianos através de trabalhos na área médica, na área de assistência, então nós encontramos nestas pessoas, nestes missionários, uma capacidade de apoiar eles e apoiar os haitianos, isso ajudou a multiplicar a ajuda brasileira que foi levada ao Haiti.”

Além do MDR, a missão humanitária ao Haiti também contou com a participação dos Ministérios das Relações Exteriores, da Defesa, da Saúde e da Justiça e Segurança Pública. 

Para saber mais sobre as ações de proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.

Equipe coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) distribuiu alimentos, auxiliou o atendimento a feridos, realizou missões de busca e salvamento e avaliou estruturas danificadas pelo terremoto, entre outras ações (Foto: Dênio Simões/MDR)Equipe coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) distribuiu alimentos, auxiliou o atendimento a feridos, realizou missões de busca e salvamento e avaliou estruturas danificadas pelo terremoto, entre outras ações (Foto: Dênio Simões/MDR)