Temporal deixa 23 pessoas fora de casa; Espírito Santo segue em alerta

A tempestade que atingiu o Espírito Santo nessa quarta-feira (31) deixou 23 pessoas fora de casa. A informação é do Boletim da Defesa Civil, atualizado na tarde desta quinta-feira (1º). O estado segue em alerta para o risco de novas tempestades até sexta-feira (2).

O vendaval provocou a queda de árvores e o destelhamento de casas tanto nas cidades da Grande Vitória quanto no interior do Espírito Santo. Dos desalojados, 20 estão em Marechal Floriano, duas em Presidente Kennedy e um em Viana.

Em Aracruz, o vento destelhou cerca de 20 casas no bairro Vila do Riacho. A Prefeitura ofereceu abrigo aos moradores, porém, com medo de furtos, eles cobriram as casas com lonas. Colchões, lençóis, cobertores e fraldas foram doados pela administração municipal. Por isso, não foi possível quantificar os desalojados no município.

Vento destelhou casas em Aracruz, no Norte do ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Vento destelhou casas em Aracruz, no Norte do ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Prefeituras de Jerônimo Monteiro e Alegre vão decretar Situação de Emergência. Centenas de casas foram atingidas pela chuva de granizo. As famílias estão desalojadas estão na casa de parentes e amigos.

Chuva de granizo destrói telhado de casas no Sul do ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Chuva de granizo destrói telhado de casas no Sul do ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Nesta tarde, equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e da Polícia Rodoviária Federal no Espírito Santo (PRF-ES) trabalhavam para retirar as árvores que caíram na BR-262, entre Viana e Domingos Martins.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu o aviso de perigo potencial para o risco de ventos costeiros. O alerta vale para Anchieta, Cariacica, Guarapari, Itapemirim, Marataízes, Piúma, Presidente Kennedy, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória.

Para a região da costa do Espírito Santo, a Marinha também emitiu alerta de ventos fortes e mar grosso.

Já no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o alerta de chuvas intensas, vendaval e tempestade é válido para 60 municípios. Neles, existe a possibilidade de descargas elétricas, rajadas de vento e queda de granizo. São eles:

  1. Afonso Cláudio
  2. Água Doce do Norte
  3. Águia Branca
  4. Alfredo Chaves
  5. Alto Rio Novo
  6. Aracruz
  7. Baixo Guandu
  8. Barra de São Francisco
  9. Boa Esperança
  10. Brejetuba
  11. Cariacica
  12. Castelo
  13. Colatina
  14. Conceição da Barra
  15. Conceição do Castelo
  16. Domingos Martins
  17. Ecoporanga
  18. Fundão
  19. Governador Lindenberg
  20. Ibatiba
  21. Ibiraçu
  22. Ibitirama
  23. Irupi
  24. Itaguaçu
  25. Itarana
  26. Iúna
  27. Jaguaré
  28. João Neiva
  29. Laranja da Terra
  30. Linhares
  31. Mantenópolis
  32. Marechal Floriano
  33. Marilândia
  34. Montanha
  35. Mucurici
  36. Muniz Freire
  37. Nova Almeida
  38. Nova Venécia
  39. Pancas
  40. Pedro Canário
  41. Pinheiros
  42. Ponto Belo
  43. Rio Bananal
  44. Santa Cruz
  45. Santa Leopoldina
  46. Santa Maria de Jetibá
  47. Santa Teresa
  48. São Domingos do Norte
  49. São Gabriel da Palha
  50. São Mateus
  51. São Roque do Canaã
  52. Serra
  53. Sooretama
  54. Vargem Alta
  55. Venda Nova do Imigrante
  56. Viana
  57. Vila Pavão
  58. Vila Valério
  59. Vila Velha
  60. Vitória

O temporal que atingiu o Espírito Santo nesta quarta teve quase 60 mil raios, além de chuva forte, ventania e granizo. Segundo o Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), 58.924 raios atingiram o estado entre 0h e 23h59 de quarta.

Houve queda de árvores e destelhamento de casas tanto nas cidades da Grande Vitória quanto no interior. Em alguns lugares choveu granizo e também faltou energia elétrica. Uma caixa d’água voou com o vento forte.

Em Jardim América, em Cariacica, a estrutura metálica que funcionava como cobertura de uma empresa desabou, deixando pedaços de aço retorcidos pelo chão. Até a tarde desta quinta-feira, a pista seguia parcialmente interditada.

Estrutura metálica de empresa foi arrancada pelo vendaval em Jardim América, Cariacica

Estrutura metálica de empresa foi arrancada pelo vendaval em Jardim América, Cariacica

Cidades também registram chuvas de granizo. Em Jerônimo Monteiro, no Sul do estado, grandes pedras de gelo destruíram o telhado de cerca de 400 casas. Algumas famílias precisaram deixar suas casas e se abrigar na casa de familiares.

 

Leia mais

Leia também