Temporal atinge o Espírito Santo e causa alagamentos e deslizamentos de terra

Defesa Civil colocou seis municípios em alerta.

A chuva que atinge o Espírito Santo desde a noite dessa quinta-feira (30) já provoca alagamentos e deslizamentos de terra em cidades das regiões Sul e Metropolitana. Não há registros de pessoas desalojadas ou desabrigadas.

A BR-262 está com dois pontos de interdição total por queda de barreira no município de Domingos Martins. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), devido às chuvas no local e a possibilidade queda de blocos de pedras sobre a rodovia, os km 26 e 36 não têm previsão de liberação.

Em Iconha, o nível do rio subiu. De acordo com informações da Defesa Civil, a chuva provocou alagamentos em ruas do Centro e queda de barreiras.

Iconha voltou a ter alagamentos

Segundo relato de moradores, a chuva começou por volta de 15h de quinta. Eles afirmam que casas foram completamente alagadas.

No início do ano, o município foi atingido por fortes chuvas que deixaram mortos, casas destruídas e comunidades inteiras isoladas.

Moradores de Vila Velha relatam alagamentos em diversos bairros do município. A principal rua do bairro Santa Inês, a Rui Braga Ribeiro, está alagada.

Outro ponto de alagamento é cruzamento da Rua Pedro Laranja com a Avenida Carlos Lindenberg, na entrada do bairro Cobilândia.

A Defesa Civil do ES colocou em alerta os municípios de Alfredo Chaves (moderado para inundação e alto para movimento de massas); Viana (moderado para risco de enxurrada e para movimento de massas); Rio Novo do Sul (alto para inundação e para movimento de massas); Anchieta (moderado para inundação); Piúma (moderado para inundação); e Santa Leopoldina (alto para inundação).

Maiores acumulados de chuva nas últimas 24h:

  • Rio Novo do Sul 196.40 mm
  • Alfredo Chaves 146.00 mm
  • Santa Leopoldina 112.96 mm
  • Anchieta 102.20 mm
  • Viana 89.77 mm
  • Presidente Kennnedy 61 mm
  • Domingos Martins 51.28 mm
  • Guarapari 51 mm
  • Marechal Floriano 50.80 mm
  • Castelo 49.12 mm
  • João Neiva 45.04 mm
  • Vitória 44.13 mm
  • Vargem Alta 43.40 mm

Leia mais

Leia também