Teleatendimento orienta pessoas com sintomas de Covid-19 e monitora pacientes em Vitória

Telemedicina completou três meses na última semana. Neste período, os médicos da rede municipal de saúde realizaram 6.865 atendimentos.


Pessoas com sintomas leves de Covid-19 estão sendo monitoradas por telefone em Vitória. A ideia é evitar que a pessoa saia de casa sem necessidade para ir ao posto de saúde. Quem sente os sintomas liga e recebe o atendimento.

A telemedicina completou três meses na última semana. Neste período, os médicos da rede municipal de saúde realizaram 6.865 atendimentos.

Desde a implantação da ferramenta, o número de médicos atendendo subiu de 24 para 30. Além disso, os profissionais atendem agora tanto por telefone quanto por vídeo.

Neste último mês, a média de atendimentos por dia tem sido de 115 pacientes.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), 60% das queixas dos pacientes são sobre síndrome gripal, que é um dos sintomas da Covid-19. Desses, a maioria (72%) pôde ser acompanhada em isolamento domiciliar.

O restante dos pacientes foi encaminhado para atendimento presencial.

Os moradores que mais demandaram o serviço são os bairros Santo Antônio, Jardim Camburi e Jardim da Penha.

“A telemedicina tem possibilitado o suporte aos serviços de saúde e a continuidade da assistência dos nossos munícipes, otimizando os atendimentos para as pessoas e evitando a aglomeração em nossas unidades. Estamos nos mobilizando e capacitando diariamente nossos profissionais para que todo serviço que puder ser feito com pessoas que precisam de atendimento médico possa, neste momento, ser a distância (por telefone ou vídeo)”, disse a secretária de Saúde, Cátia Lisboa.

Os profissionais de Enfermagem que estão atuando nos atendimentos seguem um checklist para confirmar alguns sintomas e situações suspeitas e, então, encaminham o usuário para atendimento por telefone com um médico da rede.

Nessa teleconsulta, o médico faz a avaliação do paciente, registrando as informações no formulário eletrônico e informando os casos suspeitos de Covid-19 e arboviroses à Vigilância Epidemiológica e às unidades de saúde da capital.

O médico pode orientar o paciente apenas por telefone ou encaminhá-lo para um equipamento de saúde.

“Em todos os casos, são dadas orientações gerais, além das orientações específicas, como sinais de alerta e possibilidade de nova avaliação quando desejado ou se houver mudança no quadro clínico”, explicou Cátia.

Leia mais

Boa Esperança confirma primeira morte por coronavírus

A Secretaria de Saúde de Boa Esperança confirmou,...

“Seria o caos do caos”, diz presidente da Fecomércio sobre lockdown no Estado

Antes de apresentar à imprensa o plano a...

Sedes participa de webinar sobre procedimentos de utilização de créditos de ICMS

A Secretaria de Desenvolvimento (Sedes) participou, nessa quinta-feira (27), do webinar “Transformando créditos de ICMS em investimentos” promovido pelo Sindicato das Indústrias de Rochas...

Com marco do saneamento, senador Luis Carlos Heinze espera melhorar índices “pífios” no RS

Na avaliação do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS), o novo marco do saneamento (PL 4.162/2019), aprovado no Senado na última quarta-feira (24), pode deixar...

Leia também

Lançado programa Mineração e Desenvolvimento que vai estimular retomada do País

Palavras do Ministro de Estado de Minas e Energia, Almirante Bento Costa Lima Leite Albuquerque Junior. Foto: Carolina Antunes/PR O Governo Federal lançou, nesta segunda-feira...

Eleições 2020: A disputa nas terras do garimpo de minérios

A extração de minério pelo Brasil gera uma enorme quantia de recursos para a região de onde os diversos tipos de minerais são garimpados....

Ministério da Saúde libera recursos para 77 municípios

O Ministério da Saúde repassou R$ 21,3 milhões para 77 municípios reforçarem o enfrentamento à Covid-19 nas comunidades e favelas. Entre os objetivos do...

Conselhos de direitos dos idosos vão poder emitir declaração de funcionamento para instituições de longa permanência

Conselhos estaduais e municipais de direitos da pessoa idosa ou de assistência social vão poder emitir declaração de funcionamento das Instituições de Longa Permanência...