Tecnologia aproxima escola e alunos durante aulas remotas

Durante o período de distanciamento social, inúmeras Escolas da Rede Estadual têm utilizado das plataformas de telecomunicação on-line para fortalecer o vínculo com os estudantes. Sendo assim, grupos de debate em aplicativos de troca de mensagens instantâneas, salas de aulas virtuais e mesmo lives têm se tornado ferramentas comuns ao cotidiano das unidades escolares nesta pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Pensando nisso, a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Córrego de Santa Maria, em São Mateus, promoveu uma discussão sobre “A contribuição da ciência no combate ao novo Coronavírus (Covid-19)”. Ezequiel Bonfim, professor de Química e um dos responsáveis pela ação, enalteceu o trabalho dos estudantes ao produzir pesquisa prévia sobre o combate às fake news disseminadas na internet.

Já o Centro Estadual de Ensino Médio de Tempo Integral (CEEMTI) Monsenhor Guilherme Schmitz, em Aracruz, promoveu “Quem cuida de mim…”, uma live em comemoração às pessoas amadas e que contribuem para uma vida mais leve e feliz. Foram realizados exercícios laborais, aulas de empreendedorismo e técnicas de artesanato, como decoupage, macramê, crochê, crivo e outros.

A Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Ormanda Gonçalves, em Vila Velha, também utilizou da metodologia para promover a interação entre os estudantes do Atendimento Educacional Especializado (AEE) e para apresentar conceitos e informações atualizadas pertinentes ao calendário escolar.

“Esse encontro gerou uma grande participação dos estudantes, com troca de ideias e perguntas que são respondidas pelas professoras e participantes”, lembrou o diretor João Pereira dos Santos Neto. Ele disse ainda que, “mesmo o estudante sendo encaminhado individualmente pelas professoras durante as atividades escolares, as lives, com todo o grupo da Educação Especial, têm proporcionado momentos alegres e descontraídos aos estudantes e professores”.

 


Leia mais

Hoje tem Live Outubro Rosa

Leia também