Técnico Vanderley fala sobre ter virado meme com reggae em missa: ‘ feliz e tímido’

Compartilhe

.

Por Álvaro Guaresqui e Elton Ribeiro, g1 ES e TV Gazeta.

Após viralizar nas redes sociais com uma situação inusitada, o técnico em sonorização Vanderley Gaigher explicou como que um reggae acabou sendo tocado durante uma missa.

Os devotos que acompanharam a missa de abertura do Oitavário da Festa da Penha 2022 foram surpreendidos pelo momento cômico no último domingo (17), no Convento da Penha, em Vila Velha, na Grande Vitória.

“De repente, entrou esse reggae no meio da missa. Foi um momento descontraído para o pessoal, que começou a rir. Viramos ‘meme’ na internet: por um lado, fico feliz, por outro, tímido por isso ter acontecido”, contou.

Durante a homilia, o vigário provincial Gustavo Medella pediu aos fiéis que prestassem atenção na música que seria colocada por Vanderley.

A intenção do vigário era promover um momento de reflexão entre os fiéis a partir da música “Laços”, gravação dos artistas Nando Reis e Ana Vilela. A canção fala sobre empatia e amor ao próximo.

“Quem cuida com carinho de outra pessoa
Se importa com alguém que nem conheceria
Quem abre o coração e ama de verdade
Se doa simplesmente por humanidade
Se coloca no lugar do outro, sente empatia”
(Laços –
Nando Reis)

Mas, no lugar dela, o técnico deu play na música “Sensimillia”, do cantor bermudense Collie Buddz. Veja o trecho do reggae.

(Letra)
“Sensimellia
Is the healing of the nation, yeah I”
(Sensimellia – Collie Buddz)

(Tradução)
“Sensimellia
É a cura da nação, sim eu”

Independentemente da compreensão ou não do que era cantado, o momento acabou em descontração e o celebrante tratou o episódio com bom humor, entendendo que o erro não foi intencional.

O vigário voltou à reflexão recitando o trecho escolhido por ele na música “Laços”, que foi executada ao final da fala do religioso.

“Fiquei esperando ele se manifestar para ‘mutar’. Se, pelo menos, ele tivesse olhado para mim ou me fizesse um sinal, eu teria tirado o som na hora, mas ele ficou quieto, na dele. Ninguém estava entendendo nada”, contou Vanderley.

O técnico também explicou como tem sido ver seu nome aparecendo na internet.

“Foi uma novidade, porque a gente que trabalha na área de sonorização praticamente não aparece. Dessa vez, criou um clima que não teve como fugir”, disse.

Já Gustavo, disse que só conhecia o ritmo da música que acabou tocada erradamente, e não a letra.

“Eu nunca tinha ouvido a música, só conhecia o ritmo”, contou.

Leia também

Rancho Fundo e Santa Teresinha vencem a primeira partida da semifinal da Copa Norte

As semifinais da 16º Copa Norte, de futebol amador, teve início neste último sábado (25) e domingo (26),...

MedicalPlus inaugura clínica em Nova Venécia

Inaugurada nesta segunda-feira, dia 27, a MedicalPlus é a primeira clínica de diagnóstico por imagem em Nova Venécia...

Novas tarifas de água e esgoto deixam conta de água mais cara

  A Agência de Regulação dos Serviços Públicos do Espírito Santo (ARSP) publicou, nesta quinta-feira (30), no Diário Oficial...

País deixa de crescer R$ 1,5 tri por ano devido ao Custo Brasil

O Custo Brasil refere-se a um conjunto de dificuldades estruturais, burocráticas, trabalhistas, econômicas e interferência estatal, que atrapalham...

Estados e DF acionam STF contra lei que limita cobrança de ICMS

Os governadores de 11 estados e do Distrito Federal decidiram acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) contra a...

Corinthians abre semana decisiva com mais dúvidas que certezas no meio

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Boca Juniors vai encontrar um Corinthians bastante diferente daquele que aplicou 2 a...

Governo Federal lança serviço inédito de emissão de alertas de desastres

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), lançou, em parceria com o WhatsApp e...

Festa da Fazenda Veloso começa nesta sexta-feira (01)

  Depois de ficar dois anos sem ser realizada em função da pandemia da Covid-19, a tradicional Festa da...