TCU libera projeto de concessão da FIOL 1

TCU libera projeto de concessão da FIOL 1

Após 12 anos, o Governo Federal destravará o mais importante projeto de infraestrutura da Bahia Foto: Ministério da Infraestrutura

O Tribunal de Contas da União (TCU) liberou com recomendações o processo de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), entre as cidades de Ilhéus (BA) e Caetité (BA), cuja execução se dará por meio de contrato com a iniciativa privada.

A expectativa é publicar o edital ainda este ano para que a licitação ocorra no 1º trimestre de 2021. Estão previstos R$ 3,3 bilhões em investimentos privados e 65 mil empregos diretos, indiretos e efeito-renda (quando um emprego é gerado a partir da transformação da renda dos trabalhadores e empresários em consumo).

“Após 12 anos, será o Governo Bolsonaro o responsável por destravar o mais importante projeto de infraestrutura do estado da Bahia”, comemora o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. “Agradeço ao relator, ministro Aroldo Cedraz, e ao colegiado do TCU pelas pertinentes contribuições. Agora, vamos correr para publicar o edital ainda este ano e já bater o martelo no 1º trimestre de 2021”, completa Freitas.

As obras da FIOL, a cargo da Valec, estão divididas em dois segmentos: FIOL 1, entre Ilhéus (BA) e Caetité (BA), e FIOL 2, entre Caetité (BA) e Barreiras (BA). O trecho 1, que será concedido, possui 537 quilômetros de extensão e deve consolidar um corredor de escoamento de minério do sul da Bahia (Caetité e Tanhaçu), além de facilitar o transporte de grãos do oeste baiano, conectando-se a um importante complexo portuário a ser construído nas imediações da cidade de Ilhéus. Os estudos preveem uma carga transportada de 18,4 milhões de toneladas nos primeiros anos de operação, podendo chegar a 33,8 milhões de toneladas em 2054.

De acordo com a minuta do edital, o prazo da subconcessão será de 35 anos. A remuneração da subconcessionária se dará pelo recebimento da tarifa de transporte, da tarifa de direito de passagem, da tarifa de tráfego mútuo, das receitas decorrentes das operações acessórias e da exploração de projetos associados.

Com informações do Ministério da Infraestrutura

Leia mais

Sem energia há 20 dias, governo decreta estado de calamidade no Amapá

Após 20 dias do primeiro incêndio em um transformador de uma subestação de energia no Amapá, o Governo Federal reconheceu estado de calamidade pública...

Estudante capixaba se destaca no desafio nacional ‘Quero ser economista’

A Rede Estadual de Ensino tem uma representante no Desafio “Quero ser economista” – competição nacional...

Leia também

Carro é roubado no Centro de Mucurici

imagem ilustrativa Um carro foi roubado na tarde de ontem, terça-feira (01), no Centro de Mucurici. Segundo a PM, as vítimas relataram que haviam sofrido...

Moto é furtada no Centro de Nova Venécia

Imagem ilustrativa Uma motocicleta foi furtada na noite de ontem, terça-feira (01), no Centro de Nova Venécia. Segundo a PM, a vítima relatou que havia deixado...

PM detém homens com mandados de prisão em aberto em Vila Pavão e Boa Esperança

Imagem ilustrativa Duas pessoas foram detidas após cumprimento de mandado de prisão, na manhã de ontem, terça-feira (01), em Boa Esperança. Segundo a PM,...