Taxistas se reúnem com prefeito de Nova Venécia para buscar melhorias e intensificar a fiscalização de possível transporte irregular de pessoas

O prefeito de Nova Venécia, André Fagundes, se reuniu com um grupo de taxistas do município na tarde desta quarta-feira (24).

Em pauta, os taxistas buscaram melhoria nas condições de trabalho e rigor na fiscalização de possíveis transportes irregulares de passageiros, por veículos particulares, motoboys e motoristas de aplicativo.

Na oportunidade, o procurador-jurídico, Gustavo de Antônio Aguiar, orientou e tirou dúvidas sobre o como o município pode agir para dar legalidade as solicitações, entre elas, a hereditariedade do ponto de táxi, a regulamentação de motoboys que atuam como mototaxistas, a notificação sobre o uso de ponto de táxi, a fiscalização para motoristas de aplicativo, carros populares estacionados em vagas de táxi, e a solicitação de mudança de regras de mão e contramão na rua Itaguaçu, no bairro Beira Rio.

Um dos taxistas informou sobre as dificuldades que a classe vem sofrendo no município. “Estamos tendo quedas bruscas no número de corridas. O faturamento caiu bastante, porque vemos muitas pessoas que podem estar trabalhando de forma irregular,. Vemos motoristas de aplicativo trabalhando com veículos fora dos padrões que a regulamentadora pede, motoboys atuando como mototaxistas, então, queremos um apoio do poder público para que possamos fiscalizar e regulamentar essas situações e organizar o transporte de passageiros dentro do município”, disse.

O prefeito de Nova Venécia informou que a administração vai dar suporte às demandas solicitadas pelo grupo e buscará a regulamentação de todas as classes que atuam no transporte de pessoas no município. “Os taxistas de Nova Venécia vieram tornar público algumas reivindicações e solicitações à nossa gestão e a Prefeitura tende a ajudar no que for possível. O taxista trabalha, e trabalha muito, agora, com a concorrência do aplicativo, tem que se reinventar, tem que ser resiliente. Chegaram até mim, algumas demandas de possíveis irregularidades referentes a carros que utilizam aplicativo de forma irregular pra transportar passageiros e a gente vai buscar apoio operacional à Polícia Militar, junto com a fiscalização do município, pra intensificar essas ações para deixar trabalhar quem esteja, realmente, regulamentado e que seja dado o mérito a quem está correto, mediante a Lei do município”, falou André.

 

Leia mais

Leia também