Tarde Feliz: empresário doa 300 lanches para crianças em Barra de São Francisco; confira as fotos

 

Crianças do bairro Estrela, Nova Barra e Vila Nossa Senhora da Penha tiveram uma tarde diferente está semana.

Um empresário francisquense, que pediu para não ter o nome do divulgado, fez uma doação de 300 lanches e refrigerante para crianças em Barra de São Francisco. A ação solidária aconteceu na tarde desta sexta-feira, 25 de setembro de 2020.

O empresário procurou Roberto Carlos da Silva (Robertinho Papai Noel) para que o ajudasse na ação. Sua única exigência foi que a ação não tivesse nenhum envolvimento político.

“Escolhi o Roberto devido ao trabalho social que ele realiza há 30 anos como Papai Noel comunitário. É um trabalho sério, reconhecido. Ele não é e nunca foi candidato a nada, então, tenho certeza que ele é a pessoa certa”, contou o empresário.

Devido a pandemia, Roberto buscou ajuda para que tudo ocorresse sem aglomeração e com os cuidados necessários.

O objetivo foi uma tarde feliz para as crianças. Foi bonita a atitude desse empresário, esperamos que outros também sintam esse desejo no coração. O importante é sempre ajudar alguém, sempre ser solidário“, disse Roberto ao SiteBarra.

A ação foi um sucesso e para isso, segundo Roberto, foi essencial o trabalho da equipe de Vigilância Sanitária, que ajudou na entrega dos lanches e garantiu a higiene das crianças.

“Quero agradecer primeiro a Deus por essa oportunidade. Quero também agradecer a cada uma das pessoas que colaboraram e ajudaram nessa ação. E não posso deixar de destacar o trabalho da equipe da Vigilância Sanitária de Barra de São Francisco, que doou um pouco do seu precioso tempo para essas crianças. Sem eles a ação não seria possível“, finalizou Roberto.

A ação contou também com a colaboração do empresário Jailson (Jajá Lanches), que juntamente com sua equipe preparou os lanches, do Supermercado Bambé, que disponibilizou o veículo para ajudar na entrega, e da comunidade São João Bosco, que ajudou na distribuição dos lanches e refrigerantes para as crianças do bairro.

 

Leia mais

Leia também