Suspeitos de homicídios que entregavam drogas por delivery são presos no Espírito Santo

Prisões aconteceram no bairro Ataíde nesta quarta-feira (8). Para a polícia, o serviço de entrega de drogas é uma forma de os traficantes garantirem os lucros durante a pandemia do coronavírus.


Dois homens foram presos pela Polícia Civil nesta quarta-feira (8) no bairro Ataíde, em Vila Velha, na Grande Vitória, suspeitos de envolvimento em homicídios e de utilizar sistema de delivery para traficar e entregar drogas.

As prisões foram realizadas por policiais da Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha.

De acordo com o delegado Romualdo Gianordolli, Leonardo Rocha de Carvalho, de 25 anos, também conhecido como Leozinho, possuía dois mandados de prisão por homicídios cometidos em Vila Velha. Já Breno Nascimento Corrêa, de 23, possuía um mandado em aberto por um assassinato registrado na Serra, também na Grande Vitória.

Durante a prisão dos dois homens, a polícia apreendeu balanças de precisão, documentos falsos, faca, munições, celulares e tabletes de maconha, além da caixa, que, segundo a polícia, era utilizada para transportar a droga até a casa dos compradores.

“Eles saíam numa motocicleta, colocavam a droga na maleta e saíam fazendo entregas, principalmente de maconha”, explicou Romualdo.

Leonardo Rocha de Carvalho e Breno Nascimento Corrêa foram presos nesta quarta-feira (8)

Para o delegado, os traficantes têm reinventado as formas de comercialização das drogas durante o período da pandemia do coronavírus com o objetivo de garantir os lucros. O serviço de delivery acontecia somente em regiões de Vila Velha, mas a polícia afirma que eles pretendiam expandir o negócio.

“Eles copiam o mercado regular, estão expandindo serviços e tudo mais e agora fazendo entregas. Eles se expõem mais, mas com certeza eles fomentam os lucros ilícitos”, pontuou.

Durante a prisão, os suspeitos acabaram se ferindo em uma tentativa de fuga e precisaram ser levados ao hospital.

“Os indivíduos pularam pelo terceiro andar, eles tentaram fugir pelos telhados. Um se desequilibrou e caiu em cima do policial, que aguardava nos fundos da residência. O outro conseguiu correr e o encontramos na altura do Campo de Ataíde. E realmente, naquela altura, ele quebrou os dois tornozelos durante a desastrosa tentativa de fuga”, disse Romualdo.

Os dois homens foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de munição e documento falso.


Leia mais

Leia também