Suspeito de sequestrar gerente de banco em MG é preso no Espírito Santo

Um suspeito de sequestrar um gerente de banco e roubar cerca de R$ 100 mil foi preso nesta terça-feira (11), em Vila Velha, no Espírito Santo. O crime aconteceu em outubro de 2019, no município de Buenópolis, em Minas Gerais.

De acordo com a Polícia Civil, para cometer o roubo, o suspeito, além de sequestrar o gerente e obrigá-lo a fazer a retirada do dinheiro, manteve familiares e vizinhos da vítima como reféns.

“Essa modalidade praticada por ele tem a denominação de sapatinho. Quando criminosos adentraram na residência de gerentes ou funcionários de banco de alto escalão e fazem os familiares como reféns. Nesse caso, além dos familiares, ele chegou a manter os vizinhos em cárcere”, explicou o subinspetor da Polícia Civil de Minas Gerais, Adriano Lacerda.

A prisão aconteceu no bairro Jardim Colorado. Segundo a PC, o suspeito, que não teve o nome divulgado, estava escondido no Espírito Santo desde janeiro.

As investigações apontam que ele não teria cometido nenhum crime a roubo banco em municípios capixabas, mas há a suspeita de que ele estava envolvido com o tráfico de drogas na região onde foi preso. Na casa onde ele estava, a polícia encontrou tabletes de maconha.

A Polícia Civil também informou que o criminoso ficou preso durante 15 anos e deixou o presídio no ano passado.

Com informações de Daniela Carla, G1 ES e TV Gazeta

Drogas foram encontradas na casa do suspeito — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Drogas foram encontradas na casa do suspeito — Foto: Reprodução/ TV Gazeta


Leia mais

Leia também