Suspeito de ferir gato com vergalhão é preso no Espírito Santo

Homem de 43 anos se apresentou na delegacia. Gato foi encontrado agonizando com vários ferimentos no corpo após protetores de animais receberem uma denúncia anônima.

Por Eduardo Dias, G1 ES

O homem suspeito de ferir um gato com um vergalhão em Linhares, no Norte do Espírito Santo, foi preso na manhã desta quinta-feira (26).

Havia um mandado de prisão contra Victor Brandão Machado, de 43 anos, e ele se apresentou na delegacia com um advogado.

Em depoimento, o homem disse que tentou matar o gato porque há vários dias estava sendo incomodado pelo animal. Ele alegou que o gato entrava na casa dele e sujava o local.

Segundo a Polícia Civil, o homem será indiciado por maus-tratos. Se condenado, o suspeito pode pegar de dois a cinco anos de prisão. Victor será levado para a Penitenciaria Regional de Linhares.

A defesa de Victor disse para a reportagem da TV Gazeta que ele estava passando por problemas emocionais e está arrependido do que fez.

O gato foi encontrado agonizando com vários ferimentos no corpo após protetores de animais receberem uma denúncia anônima. Segundo os relatos, o gato teria passado a noite preso em uma armadilha com um vergalhão atravessado no corpo.

Além da investigação em curso na Polícia Civil, o caso é acompanhado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-Tratos Contra os Animais da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales).

O animal foi socorrido em estado grave e levado para um lar temporário. De acordo com os voluntários, a intenção é que ele seja colocado para adoção assim que estiver bem.

Gato recebeu tratamento veterinário após maus-tratos em Linhares

Gato recebeu tratamento veterinário após maus-tratos em Linhares

Leia mais

Leia também