Suspeita de tentar aplicar golpe contra idosa é presa no Espírito Santo

Uma mulher de 45 anos foi presa em flagrante nesta quinta-feira (3) quando realizava um saque de R$ 5 mil em uma agência bancária localizada no bairro Jardim Limoeiro, na Serra. Segundo a polícia, ela é suspeita de integrar uma organização criminosa especializada em fraudar transações bancárias com o uso de documentos falsos.

“Nós recebemos um chamado da agência bancária. Eles suspeitaram da transação, pois a conta de origem é do Estado de Santa Catarina. Nossa equipe foi ao local e solicitou que ela apresentasse o documento. Percebemos que o documento era falso e, ao ser questionada, já na delegacia, ela confessou seu verdadeiro nome”, relatou o titular da Delegacia Especializada em Defraudações e Falsificações (Defa), delegado Douglas Vieira.

De acordo com o delegado, a autuada disse que foi contratada para a realização do golpe por outra mulher. Para isso, ela revelou que receberia um percentual de R$ 1 mil após a transação ser realizada.

Os dados do documento falso eram, na verdade, de uma idosa de 60 anos. As investigações apontam que outro integrante da organização criminosa fez contato com a vítima por telefone, se fazendo passar por um atendente do banco e, com isso, conseguiu obter os seus dados bancários e pessoais.

“De posse dessas informações, eles conseguiram falsificar a carteira de identidade da vítima e posteriormente solicitaram um empréstimo consignado em seu nome no valor de R$ 5 mil com o intuito de sacar essa quantia, porém o golpe que restou frustrado graças à ação rápida dos policiais da Defa”, afirmou Vieira.

A conduzida foi autuada por tentativa de estelionato e uso de documento falso e encaminhada para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

Levantamentos da Defa apontam que ela pode estar envolvida em diversos desses golpes, aplicados na última semana.

A Polícia Civil orienta que as vítimas registrem Boletim de Ocorrência, o que pode ser feito presencialmente, em qualquer delegacia, ou por meio da Delegacia On-line: delegaciaonline.sesp.es.gov.br.

Delegado reuniu provas e conseguiu prender suspeita — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Leia mais

Leia também