Superintendência de Colatina realiza I Formação sobre interdisciplinaridade

A Superintendência Regional de Educação (SRE) de Colatina, com o objetivo de refletir sobre a prática docente ao trabalho pedagógico interdisciplinar, promoveu nos dias 10, 11 e 12 de novembro, a I Formação sobre “Interdisciplinaridade”. A ação é o resultado da entrega do primeiro produto do Plano de Ação da Regional, do programa Circuito de Gestão, que consiste em debater com os professores das áreas de Ciências Humanas, da Natureza, Matemática e de Linguagens sobre a utilização de metodologias diferenciadas com foco nas atividades interdisciplinares e contextualizadas.

Durante a ação formativa foram dialogadas as temáticas: “Por que e para que trabalhar a interdisciplinaridade em sala de aula?”, “Etapas da elaboração de atividades Interdisciplinares”, e “Apresentação das atividades interdisciplinares desenvolvidas pelas escolas da SRE Colatina”.

Com o objetivo de gerar um banco de atividades a serem compartilhadas por todas as escolas, foi orientado às unidades de ensino a postagem na Comunidade Interativa da SRE Colatina, no Google Sala de Aula, de pelo menos, uma Atividade Pedagógica Não Presencial (APNP), que tenha por base a Interdisciplinaridade.

O superintendente Regional de Educação de Colatina, Antônio Marcos Maifredi, acolheu os participantes reforçando a importância da formação continuada e ressaltou que foi um momento de enriquecimento profissional.

Para a supervisora de Atividades Pedagógicas, Pâmela Pereira Felix Nogueira, “A I Formação sobre Interdisciplinaridade foi um momento ímpar para a Regional e para as escolas, pois foi possível ressignificar as concepções sobre a temática, aprimorar a prática docente e fortalecer o vínculo entre a SRE e os professores”, disse.

A coordenadora pedagógica Rosangela Stacul destacou: “precisamos avançar mais no estudo dessa temática pois, interdisciplinaridade acontece em cada aula, pois o conhecimento é interdisciplinar, precisamos avançar é na perspectiva de atividades curriculares rotineiras através do alinhamento curricular e integração dos professores na construção conjunta dessas atividades”, explicou Rosangela Stacul.

Segundo a professora Jociara Marchiore Gaede “a formação veio para complementar ainda mais nosso trabalho com a interdisciplinaridade. Ouvir as experiências de outros colegas é sempre bom e proveitoso. Parabéns pelo trabalho”, ressaltou a educadora.

No próximo mês de dezembro, já está prevista a segunda formação, com o tema “Como avaliar de forma interdisciplinar?”.

Leia mais

Leia também