Studios, a nova sensação do mercado imobiliário

Compartilhe

As vantagens e facilidades de adquirir um imóvel compacto

Com forte presença nos projetos imobiliários das construtoras e imobiliárias, os studios tornaram-se a nova tendência do mercado imobiliário apresentando-se como uma ótima alternativa de investimento.

 O aquecimento do mercado imobiliário impactou as inovações com novos modelos de imóveis que correspondam diretamente com as novas necessidades do mercado consumidor.

 Assim, o segmento de empreendimentos compactos representou uma nova fonte de investimento e moradia principalmente nos grandes centros sendo alvo de investidores.

 Motivações

Diante das novas demandas sociais e da mudança dos estilos e hábitos da população, tornou-se cada vez mais comum pessoas interessadas em unidades de até 37m², com apenas 1 dormitório ou do tipo studio. Isso vai ao encontro até mesmo do novo perfil de consumidores.

Ultimamente se vê cada vez um aumento do número de pessoas solteiras que buscam morar sozinhas ou casais que não pretendem ter filhos.

Isso leva ao desenvolvimento de unidades habitacionais cada vez mais voltadas para esse público que não demandam tanto espaço para moradia.

Outro dado importante diz respeito ao fato da vida cada vez mais corrida que as pessoas têm levado fazendo com elas busquem moradias próximas à região onde trabalham e que sejam fáceis de cuidar na rotina diária.

O trabalho, os locais de estudo e as boas localizações assim passam a ser referência na hora de buscar novos empreendimentos que estão cada vez menores em regiões privilegiadas.

O alto valor do metro quadrado nesses espaços gerou o desenvolvimento de imóveis cada vez mais compactos para dar vazão só custo beneficio da aquisição.

Perfil de público

Desta forma, para as construtoras e incorporadoras, o objetivo principal é captar o público jovem adulto, antes dos 30 anos, que saiu da casa dos pais para morar sozinho, sem interesse de formalizar relacionamentos.

Estes em sua maioria possuem empregos fixos, tem boa condição financeira e buscam por qualidade de vida optando por liberdade, privacidade e intimidade. Além disso, dão valor a praticidades do dia a dia por um custo menor.

Com a realização de casamentos cada vez mais tardios, fica claro a decisão dos jovens de adiarem a constituição de famílias.

A decisão de morar em apartamentos super pequenos atende a necessidade de um espaço capaz de possibilitar as necessidades básicas como um ambiente confortável para dormir, descansar, tomar banho, fazer suas refeições e que seja o mais fácil possível para limpeza e higienização.

Este público, mesmo não pretendendo investir altos valores nas construções, são um nicho de mercado cada vez mais promissor e representativo pois refletem significativamente as tendências da vida moderna.

É nessa direção que caminha a sociedade e o mercado precisa se adaptar a isso.

Prova disso é que as construtoras envolvidas nesse padrão de habitação desenvolvem espaços e facilidades específicas para este perfil de consumidores como áreas compartilhadas para reduzir o tempo e o custo em atividades e tarefas domésticas além de plantas com espaços integrados que possam ser aproveitados da melhor maneira possível.

Facilidades

O crescimento da demanda por imóveis em Vitória mais compactos e espaços menores de moradias obrigou as construtoras a adaptarem também toda dinâmica dos edifícios residenciais.

Estes geralmente possuem mais unidades por andar e menos espaço para área de serviço como:

  • lavanderias exclusivas que passam a ser compartilhadas para uso do condomínio e salas equipadas como Wi-Fi para uso coletivo
  • serviços facilitados como entregas de compras e refeições prontas por delivery
  • portarias compactas e de horário reduzido além de elevadores na maioria dos prédios pelo maior número de andares.

São vantagens e facilidades que parecem muito com os oferecidos em hotéis e flats pelo Brasil. Todas essas questões referentes aos novos modelos de empreendimentos impactam diretamente no custo de compra e manutenção dos mesmos, refletindo um ótimo custo-benefício.

Assim esses consumidores, mesmo morando em unidades menores, conseguem estar em boas regiões, economizar com transporte e mobilidade, ganhar tempo no dia e otimizar novas atividades diárias.

Geralmente, pro possuírem menos espaços de uso comum, as taxas de condomínio são menores e as tarifas municipais são menos onerosas também.

Para os investidores, fica a certeza de um negócio com alta rentabilidade se este for destinado a locação, pois possuem ótima saída no mercado.

Vale destacar que os apartamentos compactos têm alta procura contribuindo para que a cobrança de aluguéis tenha uma valorização acima da média percentual praticada na região.

Vale considerar que grande parte dos interessados também utilizam estas unidades como forma de economizar com hotel principalmente aqueles studios que já são mobiliados, sendo para os investidores uma boa opção para locações de temporada por períodos maiores.

A possibilidade de preparar refeições em casa e lavar as roupas no prédio poupam tempo e dinheiro quando a estadia é longa.

O mesmo pode se aplicar as empresas que precisam deslocar seus funcionários para cidades maiores a trabalho haja vista as viagens recorrentes e ao alto custo para bancá-los em outras cidades.

Gostou do nosso artigo e quer ficar bem informado? Então não deixe de seguir as nossas redes sociais e comentar nossas postagens.

Leia também

ES: mulher é vítima de importunação sexual dentro de ônibus; homem foi preso

  Uma gerente de loja de 37 anos foi vítima de importunação sexual dentro de um ônibus do Sistema...

Secretaria de Defesa Social acelera implantação de sinalização de trânsito horizontal em Barra de São Francisco

A equipe de servidores da Secretaria de Defesa Social, Trânsito e Guarda Civil Municipal de Barra de São...

Ação de saúde foi realizada no distrito de Itaperuna no último sábado em Barra de São Francisco

Foi realizada no último sábado, 13/08, uma Ação de Saúde no distrito de Vila Itaperuna, na ação foram...

Secretaria de Obras entrega pavimentação da Rua São Lucas, no Alvorada

Servidores da Secretaria de Obras e Urbanismo da prefeitura de Barra de São Francisco, concluíram a pavimentação de...

ES: motorista morre após bater de frente com carreta na BR-101

  Carro de motorista que morreu em acidente na BR-101, em Sooretama, Norte do ES Um homem de 50 anos...

Sonhava em ser PM: quem era o motorista de app morto em ataque no Espírito Santo

  window.PLAYER_AB_ENV = "prod" O motorista de aplicativo Dyonathan Boni Choa, de 24 anos, que morreu após ser...

Prefeitura promove Copa Rural de Futebol Amador; fotos

Entre 13 de agosto a 26 de novembro, a Prefeitura de Barra de São Francisco, através da Secretaria...

Igreja diz que pai de padre teve 52% de queimadura no corpo

Continua grave o estado de saúde de José de Souza Vieira, de 76 anos, que teve cerca de...