STF rejeita pedido para mudar prazos relativos às eleições municipais

O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou nesta quinta-feira (14) uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI 6359) que pedia a suspensão de vários prazos relativos às eleições municipais de outubro. O Senado participou do julgamento através da sua Advocacia, defendendo que cabe ao Congresso tomar decisões dessa natureza.

A ação foi proposta pelo Progressistas (PP). Nela, a legenda argumenta que a situação de calamidade pública desencadeada pela pandemia de covid-19 justifica a suspensão dos prazos para mudança de domicílio eleitoral, filiação partidária e desincompatibilização de cargos. Como esses prazos venceram em abril, a ação faria com que eles fossem reabertos. A manutenção das datas no atual cenário impediria que muitas pessoas as cumprissem, o que violaria direitos políticos e princípios constitucionais de soberania popular. Em decisão liminar, a ministra Rosa Weber – que é a atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – já havia indeferido o pedido.

A Advocacia do Senado argumentou que a ADI não conseguiu demonstrar os danos que apontava, uma vez que os potenciais prejudicados são “apenas uma parcela, presumivelmente pequena” dos possíveis candidatos nas eleições municipais: aqueles que deixaram para regularizar suas situações no final do prazo.

“Filiação partidária e domicílio eleitoral são situações jurídicas habitualmente estáveis. A mudança é a exceção, não a regra”, diz a fundamentação assinada pelo advogado-geral do Senado, Fernando Cesar de Souza Cunha. A nota também destaca que a prerrogativa para decidir sobre mudanças em regras eleitorais cabe ao Congresso Nacional, que não interrompeu suas atividades durante o estado de calamidade.

Para Fernando Cesar Cunha, a decisão do tribunal reafirmou a competência do Congresso para decidir sobre lei eleitoral e preservou a independência entre os Poderes.

— O Supremo Tribunal Federal reconheceu que a legislação eleitoral somente pode ser alterada pelo Poder Legislativo, que é quem tem competência constitucional para editar e alterar leis, naquilo que os parlamentares, que foram as pessoas eleitas legitimamente pelo povo, avaliarem necessário.

Adiamento das eleições

O Senado tem discutido o adiamento do próprio pleito de 2020, em função da crise sanitária e econômica gerada pela pandemia. Para os senadores que defendem a ideia, as verbas destinadas à organização das eleições e ao financiamento das campanhas poderiam ser destinadas a ações de prevenção e combate à covid-19. Nesse caso, os prefeitos e vereadores com mandato vigente ficariam por mais dois anos, e a renovação se daria em 2022.

Leia mais

Distribuição de um milhão de máscaras nos terminais começa nesta segunda-feira (04)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) e da Companhia...

Carreta carregada de eucalipto tomba na rodovia que liga Nova Venécia a Boa Esperança

Uma carreta carregada com eucalipto tombou neste sábado,...

Coronavírus: Nova Venécia registra 10º caso

Mais uma pessoa testou positivo para coronavírus (Covid-19)...

Após pisar em uma mulher em SP, PMs são afastados da função

Os policiais que aparecem nas imagens pisando e...

Leia também

ES: instrutor de tiros morre após disparo acidental contra o próprio peito no dia do aniversário

Um instrutor de tiros de 29 anos morreu na noite desta segunda-feira (13) após disparar acidentalmente contra ele mesmo. No momento do acidente, o instrutor...

Secretaria de Saúde amplia critérios de testagem em massa no Espírito Santo

A Secretaria da Saúde publicou, na tarde desta segunda-feira (13), a Nota Técnica COVID-19 Nº53/2020, que atualiza as definições de casos e critérios para...

Advogada capixaba afirma ter sido presa e agredida por policiais em delegacia

Caso teve início quando a profissional foi à delegacia em Vitória para atender um cliente preso em uma operação da PM. Para representante da...

Guidoni divulga nota sobre acidente que matou Jeeam Caseli na pedreira de Barra de São Francisco

O Grupo Guidoni divulgou uma nota sobre o acidente que provocou a morte de um funcionário e deixou outros dois ferido na pedreira de...