SRE Colatina realiza primeiro diálogo sobre o Paes com as secretarias municipais de educação

A Superintendência Regional de Educação (SRE)  de Colatina realizou, nessa terça-feira (16),  via Google Met, o 1º Diálogo do Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes) com as equipes das secretarias dos municípios jurisdicionados a regional – Alto Rio Novo, Baixo Guandu, Colatina, Governador Lindenberg, Itaguaçu, Itarana, Marilândia, Pancas, São Domingos do Norte e São Roque do Canaã –, para planejar ações pedagógicas que fortaleçam cada vez mais o regime de colaboração entre os municípios e a SRE.

O superintendente Regional de Educação de Colatina, Antônio Marcos Maifredi, e a supervisora de Atividades Pedagógicas Pamela Pereira Nogueira, participaram da abertura da reunião, acolhendo os presentes e ressaltando a importância das reuniões do Paes na Regional, visando à integração, à união e ao envolvimento de todos, nos objetivos e ações do Pacto, primando pela aprendizagem, com qualidade, dos estudantes capixaba.

A coordenadora Regional do Paes na SRE Colatina, Eliana Madeira, deu prosseguimento à reunião enfatizando a colaboração de todos os técnicos das secretarias dos dez municípios para o fortalecimento da aprendizagem nesse momento desafiador.

Na agenda da reunião foram apresentados os seguintes temas: breve histórico do Paes e as principais legislações; objetivos do Regime de Colaboração e os eixos norteadores; utilização do material estruturado e elaboração do plano de ação; importância dos Núcleos de Apoio ao Paes – Nupaes para apoiar, acompanhar e monitorar os municípios na execução das ações e as atribuições do professor bolsista responsável; dentre outras ações.

Paes

O Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes) é uma iniciativa do Governo do Estado com o objetivo de fortalecer a aprendizagem das crianças desde a Educação Infantil até os anos finais do Ensino Fundamental, desenvolvida a partir do estabelecimento de um regime de colaboração entre o Estado e as redes municipais de ensino.

A premissa do Pacto é que exista apenas o aluno da Rede Capixaba, e não mais da Rede Estadual ou Municipal de Ensino. O objetivo é alcançar melhorias nos indicadores educacionais por meio de ações pedagógicas conjuntas, utilizando estrutura única de fornecimento de material estruturado, formação continuada, currículo e avaliação.

Leia mais

Leia também