SP faz novo pedido de uso emergencial para 4,8 milhões de doses da CoronaVac

Foi encaminhado para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um novo pedido de uso emergencial da vacina CoronaVac. Dessa vez, o pedido solicitado é para 4,8 milhões de doses. No domingo (17) foi aprovado,  por unanimidade, o pedido de uso emergencial para 6 milhões de doses que já começaram a ser aplicadas. Dessas, o governo de São Paulo encaminhou 4,6 milhões ao Ministério da Saúde e segurou 1,4 milhões de doses para a vacinação no estado.

O pedido de autorização do segundo lote abrangerá um número ainda maior de doses. Segundo o diretor do Instituto Butantan, responsável pela vacina, Dimas Covas, a primeira partida é de doses já em disponibilidade e uma vez aprovadas, a produção do será feita de acordo com essa autorização, sem necessidade de pedido emergencial em todos os lotes

Site “Vacina Já” do governo de SP realiza pré-cadastro da imunização contra Covid-19

Cuidados com a Covid-19 devem continuar após a vacinação

Pelo acordo assinado com a Sinovac, o Instituto Butantan vai receber 46 milhões de doses da vacina até abril. Atualmente, o estado recebeu 10,8 milhões de doses, sendo que 6 milhões delas já foram aprovadas pela Anvisa para o início da vacinação emergencial. O governo paulista ainda aguarda pela chegada do restante das doses. Novas remessas de insumos deverão chegar nas próximas semanas, aguardando apenas aval do governo da China para serem liberadas ao Brasil. 

CoronaVac. Foto: Estado de São Paulo.


Leia mais

Leia também