Sobe para 6 o número de pacientes de Rondônia que vieram ao Espírito Santo para tratar a Covid-19

 

Subiu para seis o número de pacientes transferidos de Rondônia para tratamento da Covid-19 no Espírito Santo. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), todos estão na UTI do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra.

No último fim de semana, o Espírito Santo recebeu três pacientes de UTI em tratamento da Covid-19 vindos do estado de Rondônia. Ao todo, o Espírito Santo deve receber 15 pacientes rondonienses.

O acolhimento a esses pacientes acontece em função da atual situação de grave crise sanitária naquele estado, com registros de falta de leitos de UTI.

De acordo com o secretário de Estado da saúde, Nésio Fernandes, esses pacientes estão chegando em voos de até três pessoas, porque são pacientes que vêm transferidos para a UTI e, por isso, a remoção é diferente.

As transferências serão feitas por meio do serviço de UTI Aérea, contratado pelo Governo do Estado de Rondônia. O processo de regulação acontece em parceria entre as Secretarias de Saúde dos estados.

O secretário esclareceu nessa segunda-feira (9) que esses pacientes estão internados em alas diferentes dos capixabas e dos amazonenses, que começaram a chegar ao Estado no mês de janeiro para tratamento da Covid.

Antes de abrir vagas para pacientes de Rondônia, o Espírito Santo também já havia oferecido ajuda ao amazonenses.

A Sesa informou que 26 dos 36 pacientes transferidos de Manaus, capital do Amazonas, continuam internados no Jayme, sendo cinco na UTI e 21 em enfermaria.

Nessa segunda-feira (8), mais três pacientes de Manaus receberam alta médica após 19 dias de internação para o tratamento da Covid-19 na unidade.

Nas últimas semanas, cinco pacientes morreram por complicações da doença e outros dois também tiveram alta.

 

Leia mais

Leia também