Situação dos Agentes Comunitários de Saúde na pandemia é tema de audiência pública na Câmara dos Deputados

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados promove uma audiência pública, na próxima sexta-feira (28), para discutir a situação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e dos Agentes de Combates às Endemias (ACEs), em meio à pandemia da Covid-19.

A iniciativa é do deputado Alexandre Padilha (PT-SP). Segundo ele, esses profissionais têm sofrido com demissões em massa, precarização do vínculo de trabalho com as prefeituras, além de inúmeros casos de violência. O parlamentar também destaca a Lei 13.595/18, que inclui a categoria entre os profissionais considerados essenciais e obrigatórios na Atenção Primária e Vigilância em Saúde.

Senado aprova plataforma digital do SUS para unificar dados dos pacientes da rede pública e privada

TCU promove evento online sobre gestão fiscal

Segundo informações da Agência Câmara de Notícias, foram convidados para a audiência:

  • Marivalda dos Santos Pereira Araújo, presidente do Fórum Nacional das Representações dos ACS e ACE;
  • Elane Alves, assessora jurídica do Fórum Nacional das Representações dos ACS e ACE e coordenadora do movimento das trabalhadoras ACS e ACE sem medo de violência;
  • Claudia Almeida, coordenadora do Movimento Nacional da Federalização/Desprecarização;
  • Ilda Angélica Correia, presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias;
  • Luís Claudio de Souza, conhecido como “Luís Claudio da Saúde”, presidente da Federação Nacional dos Agentes de Saúde e Endemias.

A audiência pública será realizada a partir das 9h30, com transmissão ao vivo pelo portal e-Democracia, pelo qual os participantes podem enviar perguntas e comentários.

Agente de Saúde - Foto: Prefeitura de Jarinu-SPAgente de Saúde – Foto: Prefeitura de Jarinu-SP