Site do Plano ES- Convivência Consciente amplia transparência sobre projetos do Governo

Com o site do Plano Espírito Santo – Convivência Consciente, o Governo do Estado avança ainda mais na transparência com que dialoga com a população capixaba. Ao acessar www.planoes.es.gov.br o cidadão pode conhecer e acompanhar, além de uma série de indicadores ligados à atividade econômica, ambiente de negócios, preços, crédito e mercado de trabalho, um enorme leque de investimentos, públicos e privados, em execução e a serem realizados em todo o Estado, no valor global R$ 32 bilhões.

Com um simples clique no portal, moradores de todas as dez microrregiões do Espírito Santo podem se informar sobre projetos e obras previstos e em execução pelos Governos Estadual e Federal, além de empreendimentos da iniciativa privada. Somente no âmbito da Administração Pública Estadual, há 771 projetos, em nove áreas estratégicas, que totalizam R$ 8 bilhões.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, explica que o site do Plano traz dados atualizados e relevantes, que registram os reflexos de programas, projetos, ações e medidas adotadas pelo Governo do Estado nas áreas da agricultura e meio ambiente; desenvolvimento social e direitos humanos; infraestrutura para crescer; cultura, turismo, lazer e esporte; educação, saúde, desenvolvimento econômico, gestão pública inovadora e segurança pública. “O painel apresenta dados que podem ser decisivos para fomentar projetos estruturantes, que contribuam com o desenvolvimento do Estado, potencializando o adensamento de cadeias produtivas, promovendo a melhoria do ambiente de negócios e gerando mais oportunidades para os capixabas”, disse Hoffmann.

Transparência é uma das nossas diretrizes, estabelecida desde o início da Gestão. Com ela, favorecemos um maior controle social das ações do Governo pelo cidadão capixaba, com quem estamos em permanente diálogo”, afirma o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc. Ele lembra que o Espírito Santo se destaca como o Estado mais transparente do Brasil, liderando os rankings de transparência existentes.

Inovação

A iniciativa é inovadora, afirma a subsecretária de Estado de Planejamento e Projetos da Secretaria de Economia e Planejamento, Joseane Zoghbi. “Pela primeira vez, temos uma ferramenta criada pelo Governo do Estado com a qual o cidadão pode fazer um acompanhamento mensal dos projetos, informando-se sobre o status de cada obra em execução, na carteira dos maiores investimentos. Além disso, possibilita acesso aos investimentos previstos para os próximos anos”, explicou.

Segundo a subsecretária de Estado de Gestão de Projetos, Fabrine Schwanz, o painel de Monitoramento de Investimentos Públicos e Privados presente no site do plano é fruto dessa parceria com a sociedade civil organizada e é constantemente atualizado com atores estratégicos, mantendo uma base que permite às administrações públicas municipais uma interação contínua com o Governo do Estado, conhecendo os investimentos previstos em suas regiões, bem como o fomento da atração de investimentos, a partir dos principais projetos que estão se instalando em seus municípios. “Quando analisamos o mapa, é possível observar uma grande concentração de investimentos privados nas regiões litorâneas do Estado, especialmente decorrentes de empreendimentos ligados ao setor de logística, seguindo nossa vocação natural. Esses investimentos contribuirão para o processo de retomada da economia e para o desenvolvimento do Espírito Santo”, acrescentou Fabrine Schwanz.

Navegação

Ao navegar no site www.planoes.es.gov.br, clicando em “Ambiente de negócios”, o cidadão tem acesso aos investimentos públicos (estaduais e federais) e privados, previstos e monitorados pelo Plano ES, com o objetivo de promover a recuperação econômica e reduzir impactos gerados pela pandemia, em favor do desenvolvimento do Estado.

No âmbito do Governo Estadual, é possível ter acesso aos valores e status de projetos e obras, nas dez microrregiões. Com R$ 3,116 bilhões, a Metropolitana, que reúne os municípios de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana, Guarapari e Fundão, concentra a maior parte do volume do total de investimentos previstos.

Tomando-se por base a Região Metropolitana, por exemplo, clicando em “obra em execução” vê-se o valor de R$ 1,544 bilhão relativo à construção e reforma de hospitais, escolas, unidades de segurança, obras de saneamento, de infraestrutura rodoviária e urbana, entre outros projetos.

O mesmo procedimento de busca permite ao cidadão saber o que está previsto para as demais microrregiões – Caparaó, Rio Doce, Nordeste, Central Sul, Centro-Oeste, Sudoeste Serrana, Litoral Sul e Nordeste –, e também em cada um dos 78 municípios do Estado.


Leia mais

Leia também