Shopping em Vitória passa a contar com ‘Lysa’, robô cão-guia para cegos

Compartilhe

 

Para ajudar a ampliar a locomoção e acessibilidade de pessoas com deficiência visual, o Shopping Vitória vai contar a partir desta segunda-feira (13) com a presença da “Lysa”, um robô cão-guia.

“Muito mais do que promover a inclusão social, a ‘Lysa’ permite ao usuário desfrutar de atividades de lazer e vivenciar as experiências de consumo com liberdade e segurança”, destacou a professora capixaba e CEO da VixSystem, Neide Sellin, que também é inventora da novidade tecnológica.

O projeto foi idealizado em 2014 e começou a ser desenvolvido e produzido no Espírito Santo em 2018.

A ideia surgiu quando Neide, bacharel em ciências da computação, trabalhava em um projeto de robótica de uma escola municipal da Serra. Desde então, o cão-guia robô fez tanto sucesso que vem sendo constantemente aprimorado.

Investimentos possibilitaram que o robô se tornasse mais eficiente, preciso e totalmente automatizado. Além da detecção do objeto e obstáculos à frente, a máquina faz cálculos com detecção de profundidade e consegue informar o objeto que está na frente do usuário, evitando riscos de colisão.

Com bateria recarregável, o robô “Lysa” tem funções semelhantes às de um cão-guia convencional.

“A Lysa traz para o usuário um senso de independência que não tem preço. Além disso, ela é muito acessível, prática e leve, de fácil manuseio. Ocupa pouquíssimo espaço e pesa em média 3kg hoje em dia”, explicou Neide.

Para o diretor-geral do shopping, Raphael Brotto, a “Lysa” vai proporcionar mais autonomia na circulação de pessoas com deficiência visual pelo local.

“Queremos surpreender nossos clientes e colaboradores com novas formas de atendimento, conforto, modernidade e, principalmente, segurança. Somos o primeiro shopping do país a adquirir a ‘Lysa’, sempre buscamos inovar e investir em serviços que possam melhorar a vida das pessoas”, afirmou.

'Lysa' é um robô que pesa cerca de três quilos e detecta objetos e obstáculos à frente — Foto: Divulgação

‘Lysa’ é um robô que pesa cerca de três quilos e detecta objetos e obstáculos à frente — Foto: Divulgação

Leia também

Venezuelanos deixados no Espírito Santo ainda não têm para onde ir: ‘O ônibus deixou a gente para trás’

  Crianças, mulheres, homens e idosos venezuelanos chegaram a Vitória em ônibus clandestino Os 25 venezuelanos que foram deixados na...

Trabalhador deve conhecer cada desconto de benefício que incide sobre o salário

A legislação brasileira estabelece uma série de normas protetivas que regulam os descontos salariais.   As relações de trabalho são...

CRAS realiza palestra sobre violência doméstica para mulheres do PAIF

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Habitação e Assistência...

Pedagoga da rede municipal de Nova Venécia é selecionada para curso em Portugal

  A Secretaria de Educação de Nova Venécia está comemorando a seleção da pedagoga Luciane Fazolo, que atua na...

Mutirão de Saúde e Rua de Lazer em Cachoeirinha de Itaúnas neste sábado (20)

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Programa Prefeitura em Ação, através de sua equipe convida a população...

Vídeo mostra momento em que morador de rua é morto em Barra de São Francisco

Um vídeo de câmeras de segurança mostrou o momento que um homem em situação de rua, de 27...

Clássico entre Bagaço x Vale 7 marca início da Copa Rural de Futebol Amador neste fim de semana

Com a presença de 14 dos 16 times convidados a Copa Rural de Futebol Amador 2022, terá início,...

Ônibus que leva universitários de Barra de São Francisco para Nova Venécia bate em vaca

Um ônibus da Viação Moretti, que leva universitários de Barra de São Francisco para Nova Venécia, se envolveu em um...