Setur se reúne com representantes dos mais de 500 guias de turismo capixabas

A reunião com a secretária de Turismo Lenise Loureiro contou com a presença dos representantes do Sindegtures, ABBTUR/ES e o coletivo de guias.

Na última sexta-feira (07), a secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro, se reuniu com os representantes dos guias de turismo, no Memorial da Baleia Jubarte, em Vitória. O debate, que precedeu o Dia do Guia de Turismo comemorado, nesta segunda-feira (10), teve o objetivo de conhecer as demandas da categoria e abrir um diálogo para construção de novos projetos.

“Estamos aqui para dialogar com vocês para que juntos possamos buscar caminhos de valorização, capacitação e inovação para estes importantes profissionais, fundamentais para a cadeia produtiva do turismo”, colocou a secretária.

Hoje no Espírito Santo são mais de 500 os guias de turismo que atuam no atendimento aos visitantes e turistas que por aqui passam. Esses profissionais trabalham no atendimento a grupos, guiamento em parques e unidades de conservação, patrimônios naturais, museus, na maioria de nossos atrativos.

O guia de turismo, que tem a profissão regulamentada, é fundamental para a cadeia produtiva do turismo. Sua função é tornar a viagem mais interessante, não só acompanhando os turistas, mas disseminando informações da cultura, da história, da gastronomia do local, fazendo da viagem uma experiência diferente.

Durante o encontro, o presidente da Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo (ABBTUR/ES), Leonardo Lares, afirmou ser preciso um olhar especial para os guias. “Os guias são a mola propulsora da economia do turismo. São eles que estão juntos com o turista, orientando sobre a história e cultura do local e também recomendando meios de hospedagem, restaurantes, e todos demais serviços que complementam as viagens”, disse. 

O presidente do Sindicato dos Guias de Turismo do Estado do Espírito Santo(Sindegtures), Jorge Albuquerque, agradeceu a oportunidade e colocou na pauta a realização do Congresso Nacional de Guias de Turismo previsto para o próximo ano, no Estado. “Conseguimos trazer para o Espírito Santo este importante evento e contamos com apoio da Setur para que nesta oportunidade, em que receberemos guias de todas as partes do País, possamos apresentar nosso potencial turístico para estes profissionais e por consequência gerar um aumento de fluxo de visitantes ao nosso Estado”, afirmou.

Também participaram da reunião os guias Marcelo Ribeiro, Izalete, Rogério e Lúcia Helena representando coletivo de guias do Estado. Ribeiro destacou a importância do profissional Guia de Turismo para a atividade de turismo. “Precisamos ser reconhecidos e valorizados. Os guias desempenham um papel muito importante dentro do setor. São os guias que fazem a recepção, o acompanhamento e mostra nossas riquezas e história”, destacou. 

A secretária Lenise Loureiro, que entregou a cada participante uma camiseta do “Descubra o Espírito Santo”, colocou a equipe da Setur à disposição. “Temos muitas formas de ajudar, seja com qualificação, seja com apoio. Mas é preciso que vocês nos apresentem um projeto, uma meta para que juntos possamos buscar a realização”.  

Guia de Turismo – Para atuar como guia de turismo é preciso que a pessoa tenha feito o curso técnico de Guia de Turismo. No Espírito Santo, o curso é oferecido no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). Importante que os profissionais mantenham seu cadastro regular no Cadastur. O cadastro, que  gera uma credencial profissional, permite estar no site de busca nacional, possibilitando visibilidade aos profissionais para  quem pretende contratar, como, por exemplo, as agências que fazem receptivo de turistas.

 


Leia mais

Leia também