Setor de transportes “respira” no mês de maio, afirma levantamento da CNT

Em maio, o setor de transporte, serviços auxiliares e correio registrou crescimento de 4,6% em relação ao mês anterior. Porém, se comparado ao mês de maio do ano passado, o recuo foi superior a 20% no volume de serviços prestados. A informação é da Confederação Nacional do Transporte (CNT), que utilizou dados do IBGE para compor o levantamento.  

Segundo a análise da entidade, após a queda histórica de 17,8% registrada em abril, o mês de maio deu um fôlego para o transporte. O segmento aéreo teve alta de 9,2% em maio deste ano, na comparação com o mês anterior. Mas, em relação ao mesmo mês de 2019, teve retração acima de 75% pelo segundo mês seguido. 

Já o transporte terrestre apresentou crescimento de 6,6% em maio de 2020, se comparado a abril deste ano. Já em relação ao mesmo mês de 2019, houve redução acima de 24,0% também pelo segundo mês consecutivo.

Os dados estão disponíveis no Boletim em Foco, no portal cnt.org.br

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Leia mais

Leia também