Sesport discute plano de trabalho com federações esportivas capixabas

A Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport) realizou, nessa quinta-feira (13), uma reunião, por videoconferência, com representantes das federações esportivas do Espírito Santo. Na conversa, foi apresentado o novo modelo de Plano de Trabalho, que deve ser preenchido pelas organizações para quaisquer solicitações a serem encaminhadas à Secretaria.

A discussão, que serviu ainda para esclarecer as dúvidas e ouvir sugestões das entidades, contou com a participação de diversos presidentes e membros de federações esportivas capixabas. Entre elas, a Federação Aquática Capixaba (FAC), da Federação Espírito Santense de Judô (FEJ), da Federação Capixaba de Triathlon (Fecatri), além da Federação de Futebol do Espírito Santo (FES).

Esta foi a primeira reunião realizada, neste ano, com intuito de dar agilidade nas análises dos processos feitas pela Secretaria e pela Procuradoria Geral do Estado (PGE). Após o encerramento, a gerente de Esportes, Formação e Rendimento da Sesport, Maylla Venturin, comentou a importância da reunião e pontuou algumas alterações realizadas no novo plano de trabalho.

“A reunião serviu para o estreitamento da relação com as federações. É importante essa troca. Ouvir o que elas necessitam e a gente poder contribuir melhorando o nosso trabalho, dessa forma. E também, com a resposta da PGE, entendemos que é necessário essa mudança no plano de trabalho, com algumas informações focadas na relevância social e no interesse público”, afirmou Maylla Venturin.

Já o especialista em Desenvolvimento Humano e Social da Sesport, Bruno Campos, destacou que o novo modelo de plano de trabalho vem para agilizar todo processo. Ele lembrou  as dificuldades que as Federações encontravam ao preencher o antigo plano e de como essa alteração vai impactar na compreensão.

“As federações estavam apresentando muita dificuldade com a elaboração do plano de trabalho. Haviam várias deficiências nas metodologias, nas metas a serem instituídas, nas justificativas, e, principalmente, na questão de interesse público e relevância social, pois as federações acabavam não conseguindo demonstrar todo trabalho que elas têm para desenvolver seus projetos. O novo projeto vem bem explicativo, o que vai acelerar e facilitar o entendimento, não só da Sesport, mas da PGE e do Comitê de gastos”, disse Campos.

A presidente da Federação Capixaba de Hanbebol (Fecabh), Iara Silvares, que participou do evento, também elogiou a iniciativa da Secretaria. “Essa reunião foi de extrema importância para as federações, pois foi explicado com muito detalhes como podemos proceder os projetos. Foi a primeira vez que aconteceu algo desse gênero e essa aproximação entre secretaria e federações é muito importante para todos”.

Próximas reuniões

Com o objetivo de alinhar ainda mais a relação com as federações, a Sesport planeja realizar outras reuniões nas próximas semanas.

“Nas próximas reuniões nós vamos tratar, principalmente, das certificações, o que vai acelerar muito nossas análises, pois vamos deixar de analisar diversas vezes, de forma redundante, as mesmas documentações de uma federação. Isso também facilitará para a instituição, porque ela irá apresentar apenas uma vez, por ano, a certificação que ela terá para usar em todos os outros projetos”, explicou Bruno Campos.

Leia mais

Leia também