Servidores penitenciários concluem curso de mestrado em segurança pública

Servidores penitenciários da Secretaria da Justiça (Sejus) concluíram no mês de julho o curso de mestrado em segurança pública, realizado em parceria com a Escola de Serviços Públicos (Esesp), Escola Penitenciária do Espírito Santo (Epen) e a Universidade de Vila Velha (UVV). As oportunidades foram ofertadas aos servidores efetivos da Sejus e três profissionais que participaram do processo seletivo da universidade preencheram todos os requisitos estabelecidos, obtendo 50% de concessão da bolsa de estudos pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Todas as dissertações apresentadas tiveram como temática o sistema prisional capixaba. Formado em Administração, Rodrigo Gomes da Silva, inspetor penitenciário da Diretoria de Administração Geral dos Estabelecimentos Penais (Diragesp), foi um dos beneficiados com a bolsa, defendendo a tese “Sistema Penitenciário do ES: desafios no século 21”. A pesquisa apresenta a evolução do crescimento da população prisional do Brasil e no Estado nos últimos 20 anos, além do avanço conquistado pelo Espírito Santo em relação a taxa de ocupação nos estabelecimentos penais.

“O mestrado contribuiu muito com o trabalho desenvolvido na Sejus a fim de entendermos o perfil de pessoas presas e as condições que as levam ao cometimento de crime. Isso é de elevado grau de importância para tomada de decisão para a segurança das penitenciarias estaduais, bem como para o processo de ressocialização. Além disso, aumentamos nossa rede de relacionamento com policiais federais e civis, militares, bombeiros, promotores de justiça, juízes, advogados e demais profissionais. Hoje trocamos informações importantes, com objetivo final de avançar ainda mais a segurança pública do Estado. Só tenho a agradecer a todos os profissionais da Sejus que contribuíam para que a bolsa se tornasse realidade. Já estamos colocando em prática o conhecimento aplicado no curso”, afirma Rodrigo Gomes da Silva.

“A Relevância da atuação da Diretoria de Operações Táticas – DOT” foi o tema escolhido pelo inspetor penitenciário Thiago Binow, que atua na tropa de elite da Sejus e é graduado em Direito. “O mestrado é uma imersão na pesquisa científica. Aliado aos debates e aulas expositivas, nos permite enxergar a segurança pública sob várias perspectivas. A experiências acadêmica e profissional dos doutores, de diversas áreas do conhecimento, por se tratar de um mestrado interdisciplinar, é outro fator que contribui imensamente na formação. Nestes dois anos pude vivenciar a experiência compartilhada pelos professores do programa do mestrado em segurança pública, bem como, por colegas de outras instituições como: Ministério Público, magistratura, Defensoria Pública, advogados, policiais federais, polícias Civis e Militar, dentre outros, que enriqueceram os debates nas disciplinas promovendo um conhecimento único”, diz Binow.

A inspetora penitenciária e diretora do Centro Prisional Feminino de Cariacica, Graciele Sonegheti Fraga, graduada em Psicologia, defendeu a dissertação “Maternidade no Contexto do Cárcere: Análise de Ações Efetivas de Proteção ao Desenvolvimento Seguro Materno-Infantil”. Segundo ela, o projeto foi uma oportunidade única concedida pela Sejus e de retornos positivos para a unidade feminina.

“O estudo foi estruturado em duas frentes de pesquisa: Em uma delas, caracterizaram-se as mulheres que cumprem pena por cometerem crimes contra crianças, a fim de identificar condições de vulnerabilidade psicossocial da mulher, como exposição à violência doméstica ou outras questões socioeconômicas e demográficas, e as condições em que se encontravam na relação com as crianças vítimas de violência, a fim de avaliar a possibilidade de ‘maternar’ essas mulheres. Já no estudo dois, identificamos os fatores de risco e proteção para a maternagem nos sistemas prisionais, com a proposta de ações e adaptações voltadas ao cuidado com as gestantes e lactantes custodiadas no centro prisional e se as condições de maternagem promoviam desenvolvimento seguro materno infantil”, explica Graciele Fraga.

A pesquisa se materializou em algumas ações como a reforma do alojamento materno infantil, as fotos das gestantes e dos bebês, palestras com o Corpo de Bombeiros para orientação sobre o engasgo e asfixia, além do 1º Lugar Geral no Programa Centelha ES,  com o projeto, intitulado “Maternar Lactantes Presas”, coordenado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes).

Leia mais

Fluminense perde jogo para o Volta Redonda e deixa liderança do Carioca

No retorno das duas equipes ao Campeonato Carioca após a paralisação de mais de 3 meses, por conta do novo coronavírus, o Volta Redonda venceu...

Universidades estão autorizadas a voltar com aulas presenciais no ES

Aulas presenciais estavam suspensas no estado desde meados de março As instituições públicas e privadas de ensino superior do Espírito Santo estão autorizadas a retomar...

PM de Mantenópolis prende suspeito de tráfico de drogas

Na manhã desta terça-feira (22), policiais militares do 11º Batalhão realizaram a prisão de mais um suspeito de tráfico de drogas no município de...

Boa Esperança registra décima morte por Covid-19

O município de Boa Esperança confirmou neste sábado...

Leia também

Homem é preso após tentar assaltar policial de férias em Nova Venécia

Um jovem de 22 anos foi preso pela PM após tentar assaltar um militar na noite deste sábado (26), no bairro Aeroporto, em Nova...

Mulher não aceita fim de relacionamento e pula sobre carro em Barra de São Francisco; vídeo

Uma cena de ciúmes movimentou o centro de Barra de São Francisco/ES, no trecho próximo ao Restaurante A Salutte, neste domingo, 27. Uma mulher,...

PM apreende arma de fogo no interior de Nova Venécia

Na tarde deste sábado (26), militares da Força Tática do 2° batalhão apreenderam uma arma de fogo no interior de Nova Venécia. Uma pessoa...

Homem é assassinado com golpes de arma branca e tem crânio esmagado no interior de Conceição da Barra

Um homem, de 37 anos, foi morto, na madrugada desse sábado (26), no bairro São Jorge, na localidade de Braço do Rio, interior de...