Servidor da Secretaria de Saúde do Espírito Santo é afastado ao se recusar a tomar vacina contra Covid-19

 

Ortopedistas suspendem atendimento no Himaba — Foto: Samy Ferreira/ TV Gazeta

Ortopedistas suspendem atendimento no Himaba — Foto: Samy Ferreira/ TV Gazeta

Um servidor da Secretaria Estadual de Saúde do Espírito Santo (Sesa-ES) foi afastado do cargo depois de se recusar a receber a imunização contra Covid-19.

De acordo com a Sesa, o profissional atuava no Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba) e se negou a ser vacinado no final de maio.

Desde então, ele está afastado do trabalho. A Sesa informou que tentou várias vezes contatar o servidor para que ele compareça ao setor de Recursos Humanos, mas que ele não respondeu o contato. Isso é necessário para que

A partir deste mês, a secretaria disse que vai começar a descontar os dias que ele não compareceu ao trabalho e nem se apresentou ao setor de Recursos Humanos.

Além do servidor afastado, a Sesa informou que, até esta sexta-feira (23), outros dois profissionais não apresentaram o comprovante de vacinação contra a Covid-19. No entanto, esses dois outros servidores estavam de férias e estão fora do prazo para que seja aberto um processo administrativo contra eles.

No Espírito Santo, 1,9 milhões de pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra Covid-19. Isso corresponde a 47% dos adultos aptos a serem vacinados. Desses, 673.690 foram vacinados com as duas doses e 97.492 receberam vacinas com dose única.