Serviço de capelania é inaugurado no Hospital Estadual de Urgência e Emergência ‘São Lucas’

Buscar um ambiente de paz e serenidade, facilitar o encontro do paciente consigo mesmo, com sua fé e a realidade que o cerca, além de confortar familiares e amigos, são apenas alguns serviços oferecidos pela capelania hospitalar. A partir de fevereiro, o Hospital Estadual de Urgência e Emergência “São Lucas” passa a contar com o serviço, realizado pela capelã hospitalar Elizabeth Maria de Assis Silva Pavão.

Para a superintendente da Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense (Aebes), Sirlene Motta de Carvalho, implementar o serviço no hospital foi uma forma de contribuir para humanizar o atendimento e também oferecer ajuda aos profissionais da saúde que trabalham no hospital.

“O apoio que o serviço de capelania oferece é fundamental para o bom funcionamento do hospital, pois humaniza o atendimento e ajuda para que os profissionais, pacientes e familiares busquem o equilíbrio. Também faz parte da nossa missão enquanto Aebes tornar conhecida a Palavra e o exemplo de Jesus, priorizando a empatia, a humildade e a caridade”, reforçou Sirlene de Carvalho.

É importante ressaltar que o serviço de capelania não está vinculado a nenhuma religião específica. Para a capelã Elizabeth Pavão, a principal missão é respeitar as crenças e compartilhar afetos, priorizando a espiritualidade e não somente a religião.

“Precisamos acolher, respeitar e sempre ajudar os pacientes, acompanhantes e os próprios funcionários da instituição. O hospital prioriza o cuidado físico, mas não podemos esquecer a saúde mental e espiritual, que é muito importante para a recuperação plena”, enfatizou Elizabeth Pavão.

Hospital Estadual de Urgência e Emergência “São Lucas”

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência “São Lucas” (HEUE) é um hospital de portas abertas para o atendimento à população, sendo referência em trauma para a Região Metropolitana –, principal hospital para o atendimento às demandas do Samu 192 e Corpo de Bombeiros Militar (CBMES).

Entre as especialidades, a unidade conta com ortopedia, neurocirurgia, cirurgia vascular/angiologia, cirurgia geral, cirurgia torácica, clínica médica, anestesiologia e intensivista. O HEUE também dispõe de especialidades de apoio, como cirurgia bucomaxilofacial, nefrologia, infectologia, cardiologia e hematologia.

Ao todo, são 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 14 de Unidade de Alta Dependência de Cuidados (UADC), 121 de enfermaria e 43 de Pronto-Socorro, com funcionamento 24 horas. Os pacientes também podem contar com uma equipe multidisciplinar, durante o processo de reabilitação, composta por enfermeiro, técnico em enfermagem, terapeuta ocupacional, psicólogo, assistente social, farmacêutico, nutricionista, fisioterapeuta e fonoaudiólogo.

Sobre a Aebes

A Aebes atua há mais de 60 anos prestando serviços de Saúde à população do Estado, com transparência e seriedade, motivo pelo qual foi convidada pelo Estado do Espírito Santo a assumir a gestão do HEUE, em caráter emergencial. Atualmente, a Aebes gerencia outras três unidades hospitalares, sendo que duas delas possuem certificação máxima de excelência (ONA nível 3).

Leia mais

Leia também