SEP dá início à revisão do Planejamento Estratégico do Governo para o período 2021-2022

A reunião de partida da revisão do Planejamento Estratégico do Governo do Espírito Santo foi realizada, nesta quarta-feira (30), com a participação de secretários, subsecretários e pontos focais de Secretarias e de dirigentes de Órgãos da Administração Estadual. O trabalho visa a ampliar as entregas do Governo para a população capixaba e fazer com que o desenvolvimento socioeconômico regional equilibrado do Estado avance ainda mais.

Realizada de forma virtual, com participação de aproximadamente 120 gestores e pontos focais – servidores que acompanham o gerenciamento de projetos nas Secretarias e Órgãos, fazendo a interlocução junto ao Escritório de Projetos do Governo -, a reunião foi coordenada pelo secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, e pela subsecretária de Planejamento e Projetos da SEP, Joseane Zoghbi.

Na abertura da reunião, a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, destacou a importância do direcionamento do foco do planejamento do Governo para as entregas. “Vamos focar para fazer o maior número de investimentos possível para a população capixaba. O Espírito Santo é um Estado organizado financeiramente, e a equipe de Governo tem trabalhado com sinergia, criatividade e motivação”, disse.

Execução

Álvaro Duboc também ressaltou a importância de a equipe de Governo, a menos de dois anos da conclusão da gestão, “empenhar-se ainda mais na execução de programas e projetos, favorecendo as entregas que o governador Renato Casagrande se comprometeu a fazer em benefício da sociedade capixaba”.

O ajuste do Planejamento Estratégico, lembrou o secretário, deve estar alinhado com o Orçamento do Estado, o Plano de Investimentos Públicos (PIP) – que o Governo divulgou nesta semana, no valor de R$ 9 bilhões –, o Plano de Convivência Consciente e o Programa Realiza+, contemplando todas as nove áreas estratégicas: Segurança em Defesa da Vida, Educação para o Futuro,  Saúde Integral, Gestão Pública Inovadora, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Meio Ambiente, Infraestrutura para Crescer, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

De acordo com a subsecretária de Estado, Joseane Zoghbi, a maioria das Secretarias e Órgãos já fez a devolutiva dos programas e projetos inventariados, e também das metas e indicadores estratégicos. Todo esse conteúdo será submetido à validação, em reuniões da equipe da SEP com secretários das pastas e dirigentes de órgãos.

Na reunião de partida, também foram indicadas diretrizes e fornecidas orientações que servirão como base para o trabalho de ajuste do Planejamento Estratégico, que envolve a revisão dos projetos e programas já em curso nas secretarias e órgãos, além da possível inclusão de novas ações, que atendam aos interesses da sociedade, dentro da capacidade orçamentária do Governo do Estado.

Seminário

O Seminário de Planejamento Estratégico será aberto no dia 19 de julho, com participação do governador Renato Casagrande e da vice-governadora Jacqueline Moraes. Nos dias 20, 21 e 22 serão realizadas reuniões de validação de projetos, indicadores e metas. A apresentação dos resultados está prevista para o dia 27 deste mesmo mês.

O Planejamento Estratégico para o período de 2019-2022 teve como base o ES 2030 – planejamento de longo prazo do Estado -, o Programa de Governo, bem como diagnósticos, análises e reuniões com a equipe de governo. As revisões anuais, segundo a subsecretária Joseane Zoghbi, são focadas nos projetos em execução e entregas que beneficiem diretamente a sociedade.


Leia mais

Leia também