Senadores dos EUA propõem apoio militar de US $ 2 bi a Taiwan para conter China • SiteBarra

Senadores dos EUA propõem apoio militar de US $ 2 bi a Taiwan para conter China


Sputnik – Um grupo de senadores republicanos acaba de apresentar um projeto de lei que reservaria US $ 2 bilhões (R$ 11,15 bilhões) por ano em ajuda militar a Taiwan para garantir que a ilha seja capaz de fazer frente à China, que a considera uma província chinesa rebelde.

O projeto, chamado Lei de Dissuasão em Relação a Taiwan foi apresentado no Senado dos EUA nesta quinta-feira (4) pelo senador republicano Jim Risch, que ocupa o mais alto cargo do partido no Comitê de Relações Exteriores do Senado, apoiado por outros cinco senadores.

“Os crescentes esforços da China para dominar militarmente Taiwan são uma ameaça para a comunidade internacional. É imperativo fazer chegar rapidamente a Taiwan capacidades assimétricas, recursos de formação e preparação, para que ele possa proteger-se da agressão invasora da China na região do Indo-Pacífico”, disse em comunicado à imprensa o senador republicano Mike Crapo.

O projeto de lei exigiria que o Departamento de Estado dos EUA reservasse anualmente US$ 2 bilhões no programa de assistência de financiamento militar ao exterior a partir de 2023, desde que Taipé se comprometa a igualar os gastos numa base dólar-por-dólar.

O projeto de lei propõe que os EUA “projetem para exportação para Taiwan capacidades críticas destinadas a manter um equilíbrio militar favorável na região incluindo [sistemas de mísseis] de precisão de longo alcance, sistemas de defesa aérea e de mísseis, mísseis de cruzeiro antinavio, mísseis de cruzeiro de ataque terrestre, sistemas hipersônicos convencionais, capacidades de inteligência, vigilância e reconhecimento, e sistemas de comando e controle”.

O documento informa também que o Departamento de Estado deve instar o governo de Taiwan a “investir em quantidades suficientes de munições para atender aos requisitos de contingência e evitar a necessidade de acessar o estoque dos EUA em tempo de guerra”.

No entanto, as justificativas do projeto deixam claro que os legisladores veem a defesa de Taiwan como algo não tanto feito para benefício do Taiwan, mas principalmente para proteger os interesses estratégicos dos EUA na região, o mais importante dos quais é controlar e limitar a contínua expansão do poder político, militar e econômico chinês.

“Taiwan é um amigo importante dos EUA, e desempenha um papel significativo na promoção da democracia e na luta contra a agressão da China no Indo-Pacífico”, disse o senador republicano Mitt Romney.

EUA participam de solenidade em Taiwan

EUA participam de solenidade em Taiwan (Foto: Reuters)