Senado passa a funcionar de forma semipresencial a partir desta quarta-feira (10)

A partir desta quarta-feira (10) o Senado Federal vai passar a funcionar de forma semipresencial, conforme anunciou o presidente da casa, Rodrigo Pacheco. Apesar da decisão, a recomendação para os senadores com mais de 60 anos e com comorbidades é de que permaneçam usando o sistema remoto de votação e deliberando em locais que preservam sua segurança sanitária.

Reforma Tributária pode mudar divisão de recursos aos municípios

Previsão da inflação de 2021 aumenta de 3,53% para 3,60% e dólar se mantém em R$ 5,01

O encaminhamento foi divulgado por Pacheco, nesta terça-feira (9), após a primeira reunião do colégio de líderes deste ano. Segundo o parlamentar, a decisão sobre o funcionamento semipresencial do Senado ocorreu por entendimento entre os líderes e vai permitir a presença, em Plenário e nas comissões, dos que queiram participar das discussões e votações presencialmente, seguindo o protocolo de distanciamento e higienização.

Além disso, ficou marcada para esta quinta-feira (11), a participação do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em sessão temática para prestar esclarecimentos sobre as ações do governo no enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Foto: Pixabay (Pexels)

Leia mais

Leia também