Senado do Chile aprova casamento entre pessoas do mesmo sexo

O Senado chileno aprovou, por 28 votos a 13, nesta quarta-feira (21) o projeto de lei que legaliza o casamento igualitário, ou seja, entre pessoas do mesmo sexo.

Agora, a Câmara dos Deputados fica encarregada de também votar o projeto para, enfim, colocar a medida em vigor.

O projeto tramita no Congresso do Chile desde 2017, mas somente agora avançou, principalmente por conta da mudança de posição do presidente do país, Sebastián Piñera.

Desde 2015 o Chile reconhece a união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas a situação não tem peso jurídico de casamento.

 


Leia mais

Leia também