Senado cria CPI da Covid

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, leu o requerimento de criação da CPI da Covid nesta terça-feira (13). A leitura do requerimento ocorreu cinco dias após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, que determinou a criação da CPI.

O documento estipula que a comissão parlamentar de inquérito investigará ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia e o colapso da saúde no estado do Amazonas no início deste ano. A leitura do requerimento significa que a comissão foi criada, no entanto, não determina ainda a sua instalação e início das atividades.

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina atrasada, diz ministro da Saúde

Senador quer ampliar investigações da CPI da Covid-19 para atuação de estados e municípios

Pacheco decidiu ainda anexar outro requerimento para investigar a aplicação de recursos federais por estados e municípios no combate à pandemia, ampliando assim o escopo do colegiado. 

Agora, as lideranças de partidos e de blocos no Senado terão que indicar os membros que integrarão a CPI da Covid, obedecida a proporcionalidade. Ficou em suspenso ainda a definição de como se darão os trabalhos da CPI da Covid, se presenciais, semi presenciais ou remotos.

Rodrigo Pacheco. Foto: Agência Senado.

Leia mais

Leia também