Senado aprova MP que flexibiliza calendário escolar por causa do Coronavírus

Com 73 votos favoráveis, o Senado Federal acaba de aprovar a Medida Provisória 934/2020 que libera as escolas de ensino básico e universidades de cumprirem a quantidade mínima de dias letivos em 2020 por ocasião da Covid-19.

Relator da proposta, o senador Carlos Fávaro (PSD-MT) manteve o texto aprovado na Câmara dos Deputados no último dia 7, que dispensa os estabelecimentos de educação infantil (até 4 anos de idade) dos 200 dias obrigatórios do ano letivo – e também da carga mínima de 800 horas, como estabelece a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394, de 1996).

Alunos do ensino fundamental e médio terão que cumprir a carga horária, mas podem distribuí-la em menos dias letivos que os 200 obrigatórios, o que também deve ocorrer no ensino superior, respeitando a grade curricular de cada curso.

A ampliação da flexibilização das regras na educação infantil, que fica desobrigada de cumprir carga horária e dias letivos, foi uma das principais alterações feitas pelos deputados ao texto. Por ter sido modificada, a MP tornou-se o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 22/2020.

O texto segue para sanção presidencial.

 

Escola João XXIII – Arquivo/SiteBarra

Leia mais

IBGE estima produção de 42,5 milhões de sacas café arábica em 2020

A produção de café do Brasil em 2020 foi estimada nesta terça-feira em 57,3 milhões de sacas de 60 kg, declínio de 0,7% em...

Palavrão em atividade escolar causa polêmica no Espírito Santo

Uma atividade escolar enviada aos alunos do 4° ano do Ensino Fundamental de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, causou polêmica. Uma...

Governo de Roraima testa servidores da educação para covid-19

Neste mês, o governo de Roraima começou a testar os servidores estaduais para a covid-19. O cronograma começou com os funcionários da Secretaria de...

Registro eletrônico de pacientes aumenta nas UBS’s do país, mas 18% ainda não têm acesso à Internet

Das Unidades Básicas de Saúde (UBS) com acesso à internet no Brasil, 78% contam com sistemas de registro eletrônico de informação de pacientes. Isso...

Leia também