Seguem as mudanças no trânsito na Av. Pref. Edinho Pereira, antiga Pref. Manoel Vilá, em Barra de São Francisco

Depois de concluir os dois lados da Avenida Jones dos Santos Neves, das proximidades do colégio Santa Teresinha até as proximidades da Padaria Mineira, as modificações no trânsito de Barra de São Francisco, segue a todo vapor pela Avenida Edson Henrique Pereira, antiga prefeito Manoel Vilá.

Na noite desta terça feira, 11/05/2021, a equipe comandada pelo Secretário Municipal de Defesa Social e Trânsito, Valmer Simões estava modificando o estacionamento na altura da Mobiliadora Universal.

Nesta avenida, as modificações foram modificadas do Altas Horas até a ponte que liga o bairro Irmãos Fernandes. Falta um trecho a ser modificado na altura do Mironga Material de Construção.

Com as modificações já feitas passou a ter estacionamento horizontal em vez de diagonal. O Secretário Municipal de Defesa Social e Trânsito, de Barra de São Francisco, capitão da PM, Valmer Simões, disse que as decisões de modificar o transito da cidade foi decidido em reunião entre ele e o prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD), desde o início da atual administração.

Nesta terça feira, as reformas se iniciaram na Avenida prefeito Manoel Vilá, em frente a Caixa Econômica Federal e a Praça Senador Atílio Vivacqua, nos dois lados da pista.

A mudança, segundo o secretário, busca otimizar o estacionamento nas duas avenidas, o mais movimentado do centro da cidade.

“As vagas de veículos estão sendo localizadas na cidade, e aos poucos as avenidas estão tendo outra visão”, disse Simões. “As mudanças no trânsito do centro têm por objetivo otimizar o fluxo de veículos e evitar que veículos de maior porte estacionem no trecho. Com a mudança, a avenida ficará menos congestionada”, salienta Valmer.

Outra medida tomada pelo secretário Simões, inclusive ele está fazendo até um apelo aos proprietários de motocicletas que não estacionem em locais de vagas de veículos, pois já existe estacionamento próprio para eles, caso continuem, a Policia Militar irá fiscalizar e multá-los.


Leia mais

Leia também