Sedu realiza I Encontro Formativo para a EJA nesta segunda-feira (29)

A Gerência da Educação de Jovens e Adultos, da Secretaria da Educação (Sedu), inicia nesta segunda-feira (29), o I Encontro Formativo com pedagogos que atuam junto às escolas, que ofertam a Educação de Jovens e Adultos (EJA) na Rede Estadual.

Nesse primeiro encontro será feito um diálogo sobre os espaços e tempos na EJA mediado pelo professor Carlos Pinheiro Teixeira, que atuou na Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI/MEC), na Coordenação da EJA. Estarão presentes, também, professores que compõem o Núcleo de Educação de Jovens e Adultos da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). 

O objetivo principal desses encontros formativos é discutir, estudar e propor coletivamente estratégias educacionais que possam atender melhor nossos jovens, adultos e idosos, principalmente nesse contexto de pandemia. Inicialmente, serão envolvidos pedagogos e supervisores escolares que assessoram a EJA, podendo avançar para a presença de professores da modalidade.

“Trabalhar com a EJA requer uma sensibilidade ainda maior em relação à vida de nossos alunos. São estudantes que, por motivos diferentes, se afastaram da escola em algum momento de suas vidas e agora retornam para concluir seus estudos. Apresentam saberes e experiências acumulados ao longo da vida que devem ser valorizados e respeitados na escola. Requerem uma atenção especial dos professores para que persistam e não desistam dos estudos e tenham o direito à educação assegurado”, disse a gerente da EJA na Sedu, Mariane Folador.

Atualmente, a Rede Estadual atende uma média de 150 escolas que ofertam a EJA a 35 mil alunos.

Leia mais

Leia também