Sedu realiza Encontro de Diretores da Rede Estadual de Ensino

A Secretaria da Educação (Sedu) realizou, nessa segunda-feira (30), o Encontro presencial de Diretores da Rede Estadual. Respeitando os protocolos de segurança e distanciamento por conta da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o evento reuniu mais de 400 Gestores, no Ilha Buffet Álvares Cabral, em Vitória. Participaram também o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, subsecretários da Sedu e outras equipes da secretaria.

O encontro teve início no período da manhã, quando o governador Renato Casagrande e o secretário Vitor de Angelo fizeram o lançamento do Programa de Fortalecimento da Aprendizagem e anúncio de R$ 50 milhões de investimentos na Educação. Na parte da tarde, os gestores escolares acompanharam uma programação voltada às ações especificas da Educação.

Neste sentido, os assuntos foram abordados durante apresentações dos subsecretários  de Estado de Suporte à Educação, Aurélio Meneguelli, que, dentre os assuntos abordados, falou sobre os investimentos do Programa de Reestruturação da Rede Física Escolar; de Planejamento e Avaliação, Isaura Nobre, que, juntamente com sua equipe, abordou, por exemplo, as formações realizadas para os profissionais da Rede; de Educação Básica e Profissional, Andrea Guzzo, que, ao lado de sua equipe, detalhou os investimentos e recursos pedagógicos para o fortalecimento da Aprendizagem nas escolas; e, por fim, o subsecretário de Administração e Finanças, Josivaldo Barreto, que abordou sobre questões pontuais quanto a recursos administrativos na Rede.

O diretor da Escola Estadual de Ensino Fundamental Marcondes de Souza, em Muqui, Ériton Bernardes Berçaco, que participou do encontro, destacou que “esse é um momento muito importante para a Educação capixaba devido a investimentos que nós, até então, nunca tínhamos presenciado. Laboratórios equipados, internet para os nossos estudantes, investimento e fortalecimento da aprendizagem, ou seja, uma série de políticas públicas necessárias para a educação do Espírito Santo ser cada vez mais protagonista da educação brasileira”, disse.