Sedu participa de Webinar ‘Garantindo a aprendizagem durante a pandemia’

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, participou, nesta quinta-feira (17), do Webinar “Garantindo a aprendizagem durante a pandemia”, promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os convidados falaram sobre vencer os desafios impostos pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) e garantir a aprendizagem dos alunos nesse período. 

O secretário Vitor de Angelo falou sobre a importância de abordar esse tema e deu ênfase ao compromisso da gestão com a Educação. “Nós trabalhamos com o olhar atento para a qualidade, sem perder de vista a equidade. Diagnostico, Política e Monitoramento foram três aspectos que traçamos para enfrentar este período. De imediato, fizemos uma pesquisa para compreender quais eram as características dos alunos e professores, como espaço e equipamentos. São informações que não tínhamos e hoje são fundamentais. O bom diagnóstico permite implementar políticas públicas, como foi o caso do EscoLAR, que lançamos em 1º de abril”, disse.

O EscoLAR é o programa de Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs) instituído pela Sedu, que contempla um conjunto de recursos capaz de apoiar as escolas e os professores a dar continuidade ao processo de ensino e aprendizagem, por meio da complementação das aprendizagens já adquiridas e do desenvolvimento de novas aprendizagens por parte dos estudantes, favorecendo também o reforço escolar.

Vitor de Angelo também falou sobre o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em que o Espírito Santo alcançou a melhor avaliação do Ensino Médio da Rede Pública do País. “Essa conquista é da nossa Rede. Destaco isso, pois temos um compromisso com a gestão pedagógica”, falou.

Ideb 2019

O Espírito Santo conquistou 98% da meta estabelecida pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), um resultado maior que em 2017, quando havia alcançado 93%. Isso significa que o Estado sobe na avaliação da Educação Básica e é o que mais cresce em relação à meta do Ideb. A Rede Pública Estadual conquistou a marca de 4,6 neste ano, chegando ainda mais próximo da meta que era 4,7. Na evolução total, em todo o território estadual, incluindo redes municipais, estadual e privada, a nota alcançada pela educação capixaba foi de 4,8.

Leia mais

Leia também