Sedu estabelece normas para Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental e/ou Médio pelo ENCCEJA

Compartilhe

A Secretaria da Educação (Sedu) publicou, no Diário Oficial do Estado, nesta segunda-feira (25), a Portaria nº 257-R, que estabelece normas complementares para a Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, mediante os resultados do Exame Nacional de Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA) 2020.

Será contemplado com a certificação o candidato que obtiver o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento avaliadas pelo ENCCEJA e, no mínimo, 5,0 pontos na redação.

A Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental e do Ensino Médio ou a Declaração Parcial de Proficiência em área de conhecimento avaliada, só será conferida ao candidato que atender aos seguintes critérios:

Ensino Fundamental:

– Ter 15 anos completos na data de realização do ENCCEJA 2020 e não ter concluído o Ensino Fundamental;

– Ter atingido, no mínimo, 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento avaliadas pelo ENCCEJA:

  1. a) Ciências Naturais;
  2. b) Matemática;
  3. c) Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação;
  4. d) História e Geografia;

– Ter obtido, no mínimo, 5,0 pontos na redação.

 

Ensino Médio:

– Ter 18 anos completos na data de realização do ENCCEJA 2020 e não ter concluído o Ensino Médio;

– Ter atingido, no mínimo, 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento avaliadas pelo do ENCCEJA:

  1. a) Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  2. b) Matemática e suas Tecnologias;
  3. c) Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação;
  4. d) Ciências Humanas e suas Tecnologias;

– Ter obtido, no mínimo, 5,0 pontos na redação.

ENCCEJA

O Exame Nacional de Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA) é um exame do Instituto Nacional de Ensino e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), para obtenção dos certificados dos Ensinos Fundamental e Médio. Tem como principal objetivo construir uma referência nacional de educação para jovens e adultos, por meio da avaliação de competências, habilidades e saberes adquiridos no processo escolar ou nos processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais, entre outros.

A participação no ENCCEJA é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos residentes no Brasil e no exterior, inclusive às pessoas privadas de liberdade, que não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada. Para participar do ENCCEJA, a idade mínima é de 15 anos para o Ensino Fundamental, e, no mínimo, 18 anos para o Ensino Médio, ambos na data da prova.

Leia atentamente a Portaria nº 257-R

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon / Soraia Camata   

 

Leia também

MDR reconhece situação de emergência em sete cidades atingidas pela estiagem

O Governo Federal reconheceu nesta terça-feira (28), a situação de emergência em mais sete cidades atingidas pela estiagem....

Athletico-PR derrota Libertad por 2 a 1 na Arena da Baixada

O Athletico-PR superou o Libertad por 2 a 1, nesta terça-feira (28) na Arena da Baixada, em Curitiba,...

Polícia Federal quer criar DNA do ouro para combater crimes cometidos na comercialização do mineral

Uma plataforma digital criada pelo Instituto Escolhas, que mapeia caminhos do comércio ilegal de ouro, revela que o...

Coopeavi recebe inscrições para 2º Torneio de Silagem de Milho

  O inverno chegou e é tempo de se preparar para manter nutrido o gado leiteiro sem contratempos. Com...

Dança das escolas abrilhanta o segundo dia da Festa de São Pedro, no centro da cidade

  A apresentação de danças das escolas municipais e das quadrilhas da Escola Municipal de Ensino Fundamental Vicente Amaro...

Combate ao Aedes aegypti precisa ser mantido mesmo nos dias de Inverno

Teve início no Brasil a estação mais fria do ano, o Inverno. Mesmo neste período de constante queda...

Governo Federal vai investir R$ 9 milhões em obras da CBTU da Grande Natal

O Governo Federal vai investir mais 9 milhões de reais para a ampliar o sistema de transporte público...

Ex-presidente da Petrobras diz a blog que Bolsonaro queria impor diretores

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O ex-presidente da Petrobras e economista Roberto Castello Branco disse ao blog da...