SEDH promove formação sobre população em situação de rua para integrantes da Associação Gold

Cinco integrantes de um projeto da Associação Gold (Grupo Orgulho, Igualdade e Liberdade e Dignidade) participaram de uma formação oferecida pela Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), por meio da Coordenação de Políticas para a População em Situação de Rua, na tarde desta quarta-feira (29), no Palácio da Fonte Grande, em Vitória. Para que o encontro ocorresse de forma presencial, foram respeitadas todas as normas exigidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para a prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19).

A formação foi solicitada pela Associação Gold por causa do projeto “Ações Posithivas na Rua”, que consiste na assistência às pessoas em situação de rua de Cariacica por meio de realização de testagem HIV por fluido oral, aferição de temperatura, distribuição de insumos de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e distribuição de kits lanche.

A coordenadora de Políticas para a População em Situação de Rua, Neiriele Marques, que ministrou a formação, explicou que o grupo sentiu a necessidade de saber mais sobre as políticas públicas voltadas para essas pessoas.

Durante cerca de duas horas, Neiriele Marques falou sobre a história da população em situação de rua, sobre os trabalhos da Coordenação na SEDH e também sobre o que é oferecido na rede de proteção social de Cariacica.

“É importante qualificar a atuação deles para a hora da execução, para que haja a compreensão além da ação. Busquei levar como ocorre a construção de políticas e fazer com que eles entendam a população em situação de rua do ponto de vista histórico”, definiu a coordenadora.

A presidenta da Gold e coordenadora do projeto, Déborah Sabará, contou que o projeto começou há cerca de dois meses com a distribuição dos kits lanche e agora vai iniciar a etapa voltada para a saúde.

“A gente precisa ter esse conhecimento das políticas e dos serviços que existem, pois há muito questionamento nas ruas. Às vezes as pessoas desconhecem quais são os direitos delas e o que já existe para ampará-las. Neiriele também nos passou um conteúdo histórico maravilhoso para quem trabalha com população de rua, abordando também as questões que envolvem o racismo e o machismo”, disse.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, enfatizou também o trabalho que o Governo do Estado já vem fazendo junto à população em situação de rua.  “O Governo vem promovendo diversas ações pra garantia de direitos da população em situação de rua, entre elas cursos via Qualificar ES e cofinanciamento a municípios para isolamento e melhor atendimento nessa fase de pandemia. Poder estar com a Gold para falar sobre políticas públicas reforça o compromisso com essa população que precisa ter seus direitos garantidos”, explicou a secretária.

 

Leia mais

Espírito Santo chega a 2.907 mortes e 100.859 casos confirmados de Covid-19

Na comparação com os dados divulgados neste domingo (16), o aumento é de 33 mortes e 1.279 novos casos da doença. O Espírito Santo registrou,...

Confira as vagas de emprego no Sine de Barra de São Francisco e outras cidades do ES

A semana começa com 11 vagas de emprego no Sine de Barra de São Francisco. Confira abaixo. Veja também as vagas disponíveis em outras cidades...

Indefinição sobre desconsideração da personalidade jurídica pode trazer insegurança a empresas

Diante da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, o projeto de lei 3401/2008 começa a ganhar mais atenção no Congresso Nacional. O PL,...

Homem com mandado de prisão em aberto é preso em Ecoporanga

Na última sexta-feira (03.07), os militares de Ecoporanga receberam a informação de que um cidadão estaria com mandado de prisão em aberto e que...

Leia também