SEDH acompanha entrega de doações de materiais para confecção de máscaras em Jesus de Nazareth

A Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) acompanhou a entrega de materiais para a confecção de 10 mil máscaras de tecido no bairro Jesus de Nazareth, em Vitória, nesta quarta-feira (15). Quem está confeccionando são as voluntárias do Instituto Mão na Massa. Depois esses insumos chegarão até a comunidade e também até unidades de saúde.

A doação dos materiais foi feita pela ArcelorMittal. A máscara ajuda como proteção contra a transmissão do novo Coronavírus (Covid-19) e seu uso em vias públicas têm sido recomendado pelo Ministério da Saúde.

A voluntária do Instituto Mão na Massa, Fernanda Pereira, contou que os moradores do bairro já estão realizando o cadastro para receber as máscaras.

“Eles informam quantas pessoas têm na casa deles e se são homens, mulheres e crianças para sabermos o tamanho e a estampa. Além de Jesus de Nazareth, queremos atender aos bairros Santa Helena, São José, e as unidades de saúde e hospitais do entorno”, falou.

A secretária de Estado Direitos Humanos, Nara Borgo, acompanhou a confecção das primeiras máscaras junto com a subsecretária de Políticas para Mulheres, Juliane Barroso. Ela explicou que materiais para confecção de máscaras também podem ser doados através do programa ES Solidário.

“O ES Solidário recebe cestas básicas, mas também recebe material para confecção dessas máscaras, materiais de higiene, fraldas geriátricas, enfim, tudo o que possa contribuir para a população que mais precisa. Faço um agradecimento especial às mulheres voluntárias do Instituto Mão na Massa, que estão trabalhando para que a gente tenha essas máscaras e contribuindo para que o Espírito Santo se proteja dessa doença”, falou a secretária Nara Borgo.

O tenente-coronel Wagner Borges, do Corpo de Bombeiros, também acompanhou o início dos trabalhos e enfatizou que gestos simples podem proteger muitas vidas nesse momento.

“O voluntariado é um gesto humanitário e a doação também é. A ArcelorMittal fez a doação, as voluntárias do Instituto Mão na Massa costuram e ao final 10 mil máscaras vão chegar às mãos de quem precisa, de tal maneira que vamos conseguir reduzir o número de contaminação”, destacou.

O acompanhamento contou ainda com a participação de um representante da Vice-Governadoria.

Vinte e duas costureiras voluntárias participam desse projeto. Todas foram alunas de cursos de Corte e Costura oferecidos gratuitamente pelo Qualificar ES, da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti). As máquinas de costura que elas usam para o trabalho são doação da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes).

Leia mais

Balau Cereais conquista o título no Intermunicipal do Rio Preto

https://www.youtube.com/watch?v=PpA5dNQxl00 O time multicampeão Balau Cereais de Ecoporanga comemorou mais um título na tarde de domingo (04) na grande final do Intermunicipal de Futebol do...

Quase 148 milhões de brasileiros estão aptos a votar nas Eleições de 2020

Cerca de 147,9 milhões de brasileiros estão aptos a votar nas Eleições Municipais de 2020. É o que mostram os dados divulgados pelo Tribunal...

Bolsonaro sanciona lei que incentiva empresas a doarem alimentos excedentes para pessoas vulneráveis

A Lei 14.016/20, que incentiva empresas, restaurantes, supermercados e outros estabelecimentos a doarem alimentos e refeições excedentes para pessoas em situação de vulnerabilidade ou...

Esesp promove primeira turma de oficina sobre Power BI

A Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp) realiza, nesta semana, a primeira turma da...

Leia também