Sedes realiza missão de negócios on-line com empresas do Rio Grande do Sul

Dando continuidade às atividades de atração de novos investidores para o Espírito Santo, a Subsecretaria de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, da Secretaria de Desenvolvimento (Sedes), realizou uma missão de negócios on-line com empresas sediadas no Rio Grande do Sul. Ao todo, seis companhias participaram das reuniões desde a última semana.

O subsecretário de Estado para Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, Gabriel Feitosa, explica que as missões estão previstas no planejamento estratégico do Governo do Estado, e que seriam realizadas por meio de visitas técnicas. No entanto, a modelagem precisou ser adaptada por causada necessidade de distanciamentosocial para o enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

“No ano passado realizamos três missões de negócios. Este ano, várias visitas estavam agendadas e uma delas seria feita no Rio Grande do Sul. No entanto, estamos vivendo um novo momento e decidimos adaptar este trabalho para o modelo on-line. Os resultados foram muito satisfatórios. Mesmo de forma virtual, conseguimos mostrar as potencialidades oferecidas pelo Estado, e vamos intensificar esta tarefa com o intuito de convencer os empresários a realizarem seus investimentos aqui”, comenta Gabriel Feitosa.

O mapeamento realizado pela Sedes para identificar potenciais empresas a serem abordadas, buscando a sua atração, é baseado em uma escala de avaliação que vai de zero (possibilidade nula de vir para o Espírito Santo) a três (muito provável sua vinda). As empresas que se classificam entre as posições de “provável” e “muito provável” recebem visita presencial de representantes da Secretaria.

Trata-se de uma importante fase para que a intenção se transforme em decisão, que começa com a visita e é sucedida pelo acompanhamento ativo, que é a terceira fase do trabalho. Assim, o empresário recebe informações relevantes para subsidiar sua decisão, momento que a Sedes assegura a remoção de obstáculos para a sua vinda.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, explica que as missões de negócios contribuem para o fortalecimento da economia local. “O que buscamos neste tipo de missão é atrair empresas que já tenham algum tipo de relação com o Espírito Santo, seja por meio de fornecedores ou serviços, por exemplo. Com as missões, buscamos atrair essas empresas para o Estado, no sentido de adensar a nossa cadeia produtiva local e alavancar a geração de empregos”, defende.

Leia mais

Missão brasileira de ajuda ao Líbano retorna ao País neste sábado (15)

Além das seis toneladas de alimentos e medicamentos enviados nos aviões, Líbano receberá quatro mil toneladas de arroz por via marítima. Foto: Clauber Cleber...

Investimentos na economia do país aumentam 3,4% em julho, aponta Ipea

O investimento na economia brasileira aumentou 3,4% em julho, na comparação com o mês anterior. No entanto, no acumulado dos últimos 12 meses, houve...

Leia também

Família do Espírito Santo morre em acidente quando voltava de velório em MG

Mário Andrade, de 63 anos, Maria Senhora Andrade, de 84, Jackson Santos Moreira, de 37, e Jucimara Ramos, de 33, estavam no carro que...

Casos de síndrome respiratória aguda grave voltam a crescer no Brasil pela 1ª vez desde julho, aponta Fiocruz

Tendência já vinha sendo apontada em um número crescente de capitais, mas dessa vez vale para todo o país. A SRAG pode ser causada...

Espírito Santo chega a 4.186 mortes e 169.158 curados com 182.855 casos confirmados de Covid-19

O Espírito Santo registrou, até esta quarta-feira (25), 4.186 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 182.855. O índice de letalidade...

Vereador do PT perde a eleição e tenta reduzir salários na Câmara

O vereador José Valdeci (PT), depois de oito...