Secult apoia aprovação da Lei de Emergência Cultural

Projeto de Lei pode injetar R$ 3,6 bilhões na cultura de estados e municípios.

Com previsão de ir para votação na Câmara Federal, na próxima terça-feira (26), a Lei de Emergência Cultural tem mobilizado os fazedores de cultura do Espírito Santo e do Brasil. Isso porque, se aprovada, a lei pode injetar cerca de R$ 3,6 bilhões na cultura de estados e municípios, com a descentralização de recursos federais. A Secretaria da Cultura do Espírito Santo (Secult) tem trabalhado pela aprovação da Lei, tanto na articulação nacional para sensibilizar legisladores e alinhar propostas quanto na articulação local, ouvindo demandas da sociedade e mobilizando a discussão local.

“A estrutura é de descentralização dos recursos para os UFs e municípios e a partir daí terá uma definição mais exata da aplicação recurso em parte para renda emergencial, ajuda aos espaços culturais e outras ações”, explica o secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha.

Tramitando em regime de urgência, o Projeto de Lei 1075/2020 versa sobre ações de auxílio emergencial, isenção de impostos e descentralização de recursos federais para benefício dos fazedores de cultura.

O Governo Federal tem um recurso da ordem de R$ 3,6 bilhões, que irá para os Estados se a lei for aprovada e sancionada. “A proposta é que esse dinheiro seja utilizado parte para o auxílio emergencial dos trabalhadores da cultura, parte para o auxílio de espaços culturais, para que esses dois elos da cultura passem por essa pandemia e sobrevivam com esse auxílio emergencial”, comenta o secretário.

O texto do PL aponta que o recurso deve ser descentralizado pra estados e municípios respeitando os critérios do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e Municípios (FPM) somados ao critério do tamanho da população pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Isso significa que, por esse critério, para o Espírito Santo, cerca de R$ 80 milhões serão destinados, entre o Estado e os municípios, preferencialmente, para os fundos de cultura.

Fabricio Noronha destaca ainda que, com mais recursos, os gestores de estados e municípios podem desenvolver mais políticas culturais. “Pode vir para os governos utilizarem seus mecanismos para que os gestores tomem partido desse recurso em suas políticas de cultura com esse investimento federal. Estamos batalhando muito por essa aprovação”, ressalta.

Leia mais

1º caso confirmado de COVID-19 no município de Aracruz

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou, através de Boletim Epidemiológico oficial, neste quarta feira (01), o primeiro caso de contaminação por Coronavírus em Aracruz,...

Polícia Militar apreende dinheiro falso e detém três suspeitos em São Gabriel da Palha

Policiais Militares do 2º Batalhão prenderam, na noite desta quarta-feira (01), na Rodovia ES 130, que liga o município de São Gabriel da Palha a São Domingos...

Campanha Solidarize-se beneficia cerca de 10 mil idosos no País

Os números são referentes à Campanha Solidarize-se . Foto: Banco de Imagens A campanha Solidarize-se, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos...

Jovem com mandado de prisão em aberto é detido pela Polícia Militar em São Gabriel da Palha

Na tarde desta quarta-feira (15/07/2020), em São Gabriel da Palha, policiais militares da 3ª Companhia do 2º Batalhão detiveram um jovem de 21 anos...

Leia também

Homem é assassinado a tiros no interior de Vila Pavão

Imagem ilustrativa Um homem de 32 anos foi assassinado a tiros na noite de ontem, no Córrego da Puaia, na zona rural de Vila Pavão. Segundo...

Enivaldo anuncia duplicação do polo industrial para atrair empregos

Já falando como candidato, um dia depois de...

Fome aumenta no Espírito Santo e atinge 425 mil lares, aponta IBGE

  A fome atinge três a cada dez lares do Espírito Santo. Ao todo, são 425 mil domicílios do estado estão em situação de insegurança...

Polícia apreende drogas dentro de uma viatura em Vitória

Uma viatura da Polícia Militar do Espírito Santo foi encontrada com drogas dentro em uma oficina mecânica na Avenida Marechal Campos, em Vitória. De...