Secretários de Fazenda afirmam que pandemia prejudicou finanças dos estados. Saiba

Secretários de Fazenda de cinco estados afirmaram que a pandemia da Covid-19 prejudicou a arrecadação de tributos em todo o país, principalmente em relação ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS). Os superintendentes do Paraná, Ceará, São Paulo, Mato Grosso e Pará participaram de um web seminário promovido pela Secretaria de Fazenda do Paraná. 

O anfitrião do encontro o secretário, Renê Garcia Junior, salientou o Paraná deve perder R$ 500 milhões na arrecadação de ICMS neste ano, mesmo com a ajuda financeira do governo federal. Para a secretária de Fazenda do Ceará, Fernanda Pacobahyba, a Reforma Tributária se mostrou clara durante a atual crise econômica. No entanto, de acordo com ela, a reforma não pode se limitar a criação de novas leis e deve ser focar na redução de novas normas tributárias. 

O secretário-executivo da Fazenda e Planejamento de São Paulo, Tomás de Paula, afirmou que a arrecadação no estado no primeiro semestre deve cair 15%, em comparação ao mesmo período de 2019. Todos os presentes na reunião ressaltaram a importância do governo federal em contribuir com a perda arrecadatória em todos os estados. 
 

Divulgação: Governo do Paraná

Leia mais

Leia também