Secretário de Saúde alerta para risco de epidemia de dengue no Espírito Santo

Compartilhe

O Espírito Santo poderá enfrentar uma epidemia de dengue em 2022. O alerta é feito pelo secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, que deu aviso: o objetivo, neste momento, deve ser eliminar focos e combater a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença.

“Isso implica em um novo alerta à população, pois, caso ocorra uma epidemia de dengue, todas as medidas já conhecidas, de remoção de água parada, de vigilância das arboviroses (doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti) precisam ser redobradas por todos. Inclusive, a observação de quadros de febre, com com manchas, com dor de cabeça atrás dos olhos, precisa estar no leque do diagnóstico dos profissionais de saúde e das suspeitas da própria população”, declarou Nésio Fernandes.

Conforme explicou o secretário, desde 1995, as epidemias de dengue ocorrem no Brasil em ciclos, que se repetem a cada três ou cinco anos. Como desde 2018 o estado não enfrenta uma epidemia significativa da doença, há uma possibilidade de que ela ocorra nos primeiras quatro meses deste ano.

Em 2021, o estado registrou 15.230 casos suspeitos de dengue, além de 3.163 casos de chikungunya.

As prefeituras da Grande Vitória informaram que têm intensificado o trabalho das equipes de vigilância ambiental para combater focos do mosquito.

  • Limpar o quintal, jogando fora o que não é utilizado;
  • Tirar água dos pratos de plantas;
  • Colocar garrafas vazias de cabeça para baixo;
  • Tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa
  • Reservar água;
  • Manter os quintais bem varridos, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas e sacolas plásticas;
  • Escovar bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas;
  • Tonéis e caixas d’água) e mantê-los sempre limpos;
Equipes de combate à dengue vistoriam casas para eliminar focos do mosquito na Serra, ES

Equipes de combate à dengue vistoriam casas para eliminar focos do mosquito na Serra, ES

Leia também

ES: morador de rua é morto a pedradas enquanto dormia em calçada de igreja

Um homem em situação de rua foi assassinado com pedradas na cabeça, na noite desta terça-feira (10, na...

Mega-Sena acumula e próximo prêmio deve pagar R$ 45 milhões

Ninguém acertou os números do concurso 2.481 da Mega-Sena, realizado neste sábado (11) no Espaço Loterias da Caixa em São Paulo....

Estudantes de Vila Pavão interagem com pesquisador marroquino

  No dia 26 de abril, estudantes da Escola Municipal Esther...

Capixaba morre em Portugal após viajar para encontrar filha e netos

  A capixaba Eunice de Oliveira Soares, de 69 anos, morreu em Portugal após viajar ao país europeu para...

‘Fuga de jalecos’: a onda de profissionais da saúde que trocam Brasil pelos EUA

Os Estados Unidos encerraram o mês de março com 11,5 milhões de vagas de emprego abertas - o...

Aluna de escola pública de Nova Venécia atinge nota máxima em redação na plataforma Letrus

  Reportagem: Cintia Zaché, da Rede Notícia A aluna da 3ª série do Ensino Médio, da Escola Estadual de Ensino...

Conheça ‘Garibolt’, o coletor e atleta que é ágil no trabalho e nas pistas de corrida

Salta do caminhão, recolhe sacos de lixo, corre atrás do caminhão, sobe nele mais uma vez e segue...