Secretária de Meio Ambiente se reúne com Associação de Catadores de materiais recicláveis de Barra de São Francisco

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente juntamente com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Barra de São Francisco se reuniram para tratar assuntos relacionados ao retorno da Coleta Seletiva no município.

“Ouvimos o dia a dia dos catadores, fizemos a regularização da documentação e as ideias e anseios dos mesmos”, destacou a titular da pasta, Lislei  Batista.

De acordo com a secretária, Barra de São Francisco produz cerca de 6 mil toneladas de materiais recicláveis por mês. “São objetos que aparentemente são considerados “lixo” mas que sustentam aproximadamente 15 famílias no município”, garantiu Lislei.

O que é coleta seletiva?

A coleta seletiva é método que otimiza os processos de destinação do lixo. E por falar em lixo… Vale a pena ressaltar que “lixo” é uma palavra geral para designar as palavras “resíduo” (os descartes que ainda têm alguma utilização possível por meio da reciclagem ou reutilização) e “rejeito” (aqueles que já não podem ser utilizados novamente).

A importância da coleta seletiva é justamente a redução dos impactos ambientais do consumo. Quando separamos o lixo (ou o que sobrou do que consumimos), facilitamos muito o seu tratamento e diminuímos as chances de impactos nocivos para o ambiente e para a saúde da vida no planeta, incluindo a vida humana. Praticar a coleta seletiva é um dos pilares do consumo sustentável.

Leia mais

Leia também